Jornalista Ricardo Costa é pré-candidato a vereador em Araguaína (TO)
O jornalista Ricardo Costa é membro da Assembleia de Deus, e deverá disputar uma cadeira nas eleições de 2020, na Câmara de Araguaína-TO | Foto: JMNotícia

Ricardo Costa afirmou que a sociedade tem clamado por renovação e também está cansada da velha política

O jornalista cristão Ricardo Costa, que é membro da Assembleia de Deus, anunciou por meio de suas redes sociais que deverá disputar uma cadeira nas eleições de 2020, no legislativo municipal de Araguaína, município localizado na região norte do Tocantins.

A sigla que o jornalista deverá concorrer é o PROS. Ao site Plantão Gospel, Ricardo Costa afirmou que a sociedade tem clamado por renovação e também está cansada da velha política e de tanta corrupção estampada nos jornais brasileiros:

“Foi com muita honra e muita responsabilidade, que recebemos o convite de líderes evangélicos de nosso estado, de nosso município e da classe política evangélica para que colocássemos o nosso nome à disposição da sociedade araguainense”, disse Costa.

Ricardo Costa foi alvo da fúria progressista do deputado Jean Wyllys por denunciar um projeto contra a família, alertando o texto do Projeto de Lei 5002/2013 de autoria do parlamentar e da deputada Érika Kokay, que tratava da possibilidade de mudança de sexo de crianças, mesmo sem o consentimento dos pais, pela rede pública de saúde, conforme o artigo Artigo 5º, do referido PL. O projeto está parado na Câmara dos Deputados.

Atuação

O jornalista Ricardo Costa é editor-chefe do site JMNotícia, consolidado no Brasil há mais de 13 anos. Por intermédio do seu trabalho de cobertura jornalística através do site, tornou-se conhecido como “Ricardo JM” no Tocantins e em várias partes do Brasil. O site aborda temas informativos e relevantes para a sociedade.

Enquanto grande parte da mídia secular tem deixado de lado temas importantes para os que creem e amam a Deus, o jornalista Ricardo JM se firmou como um grande defensor da família e dos valores cristãos.

Além de ajudar barrar o projeto do ex-deputado Jean Wyllys, em 2014, ele ajudou a derrubar a ideologia de gênero no Governo Sandoval Cardoso, com divulgação das portarias e dando publicidade a sociedade tocantinense.

Novamente ele usou o grande referencial do site para impedir a implantação da ideologia de gênero, desta vez, no Governo Mauro Carlesse. Foi o único jornalista no Tocantins que denunciou essa portaria que tentava implantar a ideologia de gênero no ensino fundamental e infantil. A partir de suas denúncias no JM NOTÍCIA houve uma enorme mobilização de lideranças e representantes de diversos segmentos e a portaria foi revogada.

Em 2019, o jornalista Ricardo JM denunciou também a portaria da Secretaria da Educação que aboliu a comemoração dos Dias das Mães nas escolas do Tocantins. Agora somente se comemora o “Dia de quem cuida de mim”.

(Com Plantão Gospel)

Colabore com o trabalho do portal Seara News, contamos com seu apoio para ampliar e fortalecer nossa atuação, acesse agora apoia.se/searanews e faça sua doação.

Seara News 25 anos

DEIXE UM COMENTÁRIO ABAIXO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui