Jônatas, um amigo fiel
Nesses dias difíceis, precisamos mais de gente como Jônatas, e menos de pessoas do tipo Saul. | Foto: Reprodução

A deslealdade de Saul contrasta firmemente com a nobreza de caráter de seu filho Jônatas, o amigo verdadeiro e fiel.

Por Carlos Alberto Menezes da Costa

Jonatas, um amigo fiel – A Bíblia Sagrada relata, no capítulo 19 do segundo livro do profeta Samuel, um episódio que nos ensina uma grande lição de vida, e que reflete, por sua vez, uma realidade atual nas relações sociais.

Conta-nos as Sagradas Escrituras, que o rei Saul, profundamente enciumado e desgostoso com Davi, chama seus auxiliares e decreta a morte do jovem pastor. Na opinião de Saul, Davi deveria morrer, pois representava uma ameaça à sua posição de rei.

Nesse ínterim, ocorre algo formidável: Jonatas sai em favor de Davi, dizendo a seu pai do valor do rapaz e da sua lealdade para com o rei, e que não há em Davi nada que justifique a sua morte. Em outras palavras, Jonatas o defendeu Davi, e buscou descontruir a imagem negativa que Saul projetara acerca do jovem pastor.

A deslealdade de Saul contrasta firmemente com a nobreza de caráter de seu filho Jônatas, o amigo verdadeiro e fiel, que Deus colocou na vida do moço de Belém.

Esse episódio nos ensina que existem pessoas que nos odeiam, sem que tenhamos feito absolutamente nada para magoá-las ou feri-las, e que, por outro lado, também existem pessoas que nos defendem mesmo que estejamos ausentes, e que nos amam de verdade, não em função do que temos, mas por aquilo que somos. Davi não tinha exatamente nada a oferecer, posto que era um simples soldado.

Nesses dias difíceis, precisamos mais de gente como Jônatas, e menos de pessoas do tipo Saul. Precisamos agir como Jônatas e desconstruir ideias e preconceitos que muitos carregam sobre outras pessoas e que não refletem necessariamente a verdade. Precisamos ser justos e promover a paz, eliminando disputas e ódios encravados nos recônditos de corações invejosos e maléficos.

As organizações necessitam de pessoas como Jônatas, as igrejas, os bairros, as famílias, as repartições públicas, e empresas. Onde há interação social, os Jônatas são necessários. Gente que promova a paz e a harmonia, em vez da discórdia e inimizade.

Infelizmente existem muitas pessoas como o rei Saul, que atacam, criticam, ofendem e maquinam o mal contra outras pessoas que, como Davi, não lhes fizeram dano algum.

Que os Jônatas se levantem e joguem por terra as ciladas e armadilhas perpetradas pelos “Sauls” da vida. Que Deus nos defenda e nos dê amigos da qualidade e da envergadura de Jônatas que, sem esperar absolutamente nada em troca, saia em defesa de seus amigos, desfazendo as injustiças que poderiam causar tragédia, dor e sofrimento.

________________________
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________

Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui