Jair Bolsonaro toma posse como presidente da República
O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle Bolsonaro durante cerimônia de posse (Foto: Reuters/Ricardo Moraes)

O presidente discursou por cerca de 10 minutos e afirmou que sua missão é livrar país da corrupção e da submissão ideológica.

Jair Messias Bolsonaro (PSL), 63, tomou posse como o 38º presidente do Brasil às 15h15 desta terça-feira, 1º de janeiro de 2019, em cerimônia no Congresso Nacional, para o mandato entre 2019 e 2022. Emocionado, acompanhou a execução do Hino Nacional antes de fazer o juramento constitucional e assinar o termo de posse. Em seguida, fez seu primeiro discurso como presidente do país.

O presidente discursou por cerca de 10 minutos e afirmou que sua missão é livrar país da corrupção e da submissão ideológica. “Aproveito este momento solene e convoco, cada um dos Congressistas, para me ajudarem na missão de restaurar e de reerguer nossa Pátria, libertando-a, definitivamente, do jugo da corrupção, da criminalidade, da irresponsabilidade econômica e da submissão ideológica”, declarou o novo presidente.

O presidente Bolsonaro discursou por cerca de 10 minutos e afirmou que sua missão é livrar país da corrupção e da submissão ideológica. “Aproveito este momento solene e convoco, cada um dos Congressistas, para me ajudarem na missão de restaurar e de reerguer nossa Pátria, libertando-a, definitivamente, do jugo da corrupção, da criminalidade, da irresponsabilidade econômica e da submissão ideológica”, declarou o novo presidente.

“A irresponsabilidade nos conduziu à maior crise ética,
moral e econômica de nossa história.
Hoje começamos um trabalho árduo para que o Brasil inicie
um novo capítulo de sua história”
(Presidente Jair Bolsonaro)

Após o discurso no Congresso, seguiu para o Palácio do Planalto, subiu a rampa e recebeu a faixa presidencial das mãos do agora ex-presidente Michel Temer. Esta foi a única vez em que Temer usou a faixa presidencial em público desde que assumiu o cargo, em 2016. Seguindo o protocolo, Temer não desceu a rampa do Planalto, deixou o local por meio de elevador privativo.

Com informações de Uol

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui