Iraque: Mulheres iraquianas sofrem por sua fé em Cristo

0
184

Amala* passou por uma situação traumática unicamente por conta da sua fé em Jesus. O mesmo tem acontecido com muitas mulheres no Iraque, violentadas por escolher servir a Deus.

Iraque: Mulheres iraquianas sofrem por sua fé em Cristo

Todos os anos, centenas de meninas cristãs são estupradas por muçulmanos extremistas no Iraque. Cada uma delas tem medo de que a sua situação se torne pública. Algumas dessas meninas são obrigadas a se casar com seus estupradores; outras se sentem tão sem esperança que acreditam que a sua única solução é cometer suicídio.

A pesquisadora Jane explica que o estupro de mulheres cristãs no Iraque é parte de um quadro maior. "Todo ato de violência contra a mulher faz parte da perseguição à qual elas são submetidas aqui", compartilha Jane. Amala, a mulher cuja história você está prestes a conhecer, é apenas uma das muitas vítimas cristãs no Iraque.

Quando Amala decidiu estudar, ela teve o cuidado, reconhecendo os perigos de ser uma mulher cristã. Ela tomou medidas para proteger-se, mas suas precauções não foram suficientes. Quando Amala estava prestes a se casar, um dos homens envolvidos em seus estudos disse que sua esposa suspeitava de que ele tinha um relacionamento com Amala. Ela conhecia e confiava no homem e concordou em visitar a sua casa, a fim de explicar as coisas para a sua esposa. O que aconteceu depois que Amala chegou à casa do homem mudou a sua vida em um instante: durante as horas mais escuras da sua vida Amala foi estuprada.

Neste exato momento, diversas mulheres cristãs, como Amala, estão lutando com o que aconteceu com elas. A Portas Abertas tem atuado em treinamentos pós-trauma no Iraque na esperança de que cada uma dessas mulheres possa, eventualmente, ter alguém que irá ajudá-la a reconhecer e lidar com o trauma, e que irá ajudá-la a encontrar esperança novamente em Cristo.

Mantenha a Igreja viva no Iraque

Recentemente, a situação que já era difícil para a Igreja no Iraque, piorou por conta do avanço do Estado Islâmico nas cidades do país. Você pode ajudar a manter a Igreja viva no Iraque. Participe!

Pedidos de oração:

– Ore para que todas as vítimas de estupro experimentem o amor sobrenatural, a cura, o perdão e a graça de Deus sobre suas vidas.

– Interceda também por mais oportunidades da Portas Abertas de formar líderes capazes de acolher pessoas que sofram com algum trauma, para que a Igreja pode ser ensinada a reconhecer e cuidar de cristãos que enfrentam forte perseguição.

*Nome alterado por motivos de segurança

Fonte: Portas Abertas

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome