Imunidade forte
As frutas são fontes de muitos nutrientes importantes para todas as células do corpo. | Foto: Pixabay

Hábitos para ajudar a desfrutar de uma imunidade forte, em um tempo em que as pessoas usam muitos remédios, e que as epidemias parecem não ter freios.

Por Leonardo Proença

Essa é uma afirmação que nos tempos atuais talvez qualquer pessoa gostaria de dizer com propriedade, porém a situação é inversa, ou seja, é muito mais comum ouvir pessoas reclamarem da própria imunidade. Isso se evidencia com a mudança de tempo e variação de temperatura, o que acaba afetando a saúde. E por que (tantas pessoas com a imunidade tão baixa?

Me recordo de uma ocasião, em 2013, quando caminhando com meu pai, comentei com ele a respeito deste tempo em que vivemos, um tempo em que as pessoas usam muitos remédios, e que as epidemias parecem não ter freios. Onde as pessoas imploram por vacinas, e os vírus, que deveriam ser combatidos de forma natural pelo nosso próprio organismo, na verdade se tornam grandes ameaças à saúde e à vida humana. E novamente surge a pergunta: Por que tanta fraqueza imunológica? Será que os vírus e as bactérias estão ficando tão mais poderosos assim?

Diante desses questionamentos, te convido a pensar sobre a criação. Deus criou todas as coisas, certo? Certo! Então, ele criou os microrganismos para nos afligir? Não! Observe, na natureza existem inúmeros microorganismos, bons (que nos ajudam a ter saúde) e ruins (que nos causam doenças), e todos eles vivem em equilíbrio dentro e fora do nosso corpo, e o principal sistema que Deus criou para garantir este equilíbrio para nosso benefício, é o sistema imunológico.

Mas aí surge outra questão: para que os microorganismos ruins? Simples, a grande maioria deles estão envolvidos nos sistemas de decomposição de matérias orgânicas (quando os seres vivos morrem, animal e vegetal) e outros envolvidos na transformação ou renovação das matérias orgânicas decompostas pelos anteriores. O problema começa quando eles resolvem atuar atacando o nosso organismo tentando desequilibrá-lo. Enfim, esta é uma explicação genérica para facilitar o entendimento geral. Mas como escrevi, o Criador nos dotou de um sistema imunológico extremamente complexo e eficiente, capaz de neutralizar e eliminar vírus, fungos, protozoários e até vermes. Você sabia disso?!

Sendo assim, por que não estamos vendo mais todo esse maravilhoso e engenhoso sistema funcionando eficazmente? É porque a maioria das pessoas vivem despreocupadamente. O que eu quero dizer com isso? Veja bem, o estilo de vida de um brasileiro típico é acordar cedo, tomar café preto com açúcar, pão francês com margarina e as vezes um queijo, ou biscoito. No almoço, arroz, feijão e carne, e às vezes farofa e batata frita, e raramente (folhas e verduras. Alguns até põem umas folhas de alface e uma rodela de tomate; o lanche da tarde é igual ao café da manhã e o jantar é igual o almoço, ou apenas um lanche rápido. Depois de se alimentar de forma tão pobre em nutrientes; que horas a pessoa vai dormir? Tarde! Quanto bebe de água? O que dá! Quanto absorve de luz do sol? Nada! Lazer ao ar livre? Nunca! Chás? Só se for obrigado, e com açúcar. Estresse ou ansiedade? Nas alturas!

Até que ponto isso está igual ao que você faz no seu dia a dia? Ter um bom estilo de vida e hábito alimentar saudável, fortalece nosso sistema imunológico e não ficamos doentes com facilidade. Um corpo saudável e equilibrado servirá a Deus com mais eficiência e eficácia.

Hábitos que recomendo para ajudar a desfrutar de uma imunidade forte:

1. Beba bastante água. Quando não bebemos a quantidade de água que o nosso corpo precisa, ele libera substancias para se proteger da desidratação e algumas delas enfraquecem a imunidade.

2. Coma 3 a 4 frutas frescas cruas diferentes por dia. As frutas são fontes de muitos nutrientes importantes para todas as células do corpo inclusive as da imunidade (glóbulos brancos), além das fibras que melhoram o intestino.

3. Coma verduras cruas. De 3 a 4 tipos diferentes por dia, e nesse caso folhas diferentes, já conta ok?! Por exemplo alface tem: 1 a roxa, 2 a crespa, 3 a americana e 4 a lisa. Pronto 4 folhas diferentes mesmo sendo todas alface

4. Use gorduras boas. As gorduras boas equilibram processos inflamatórios. Boas opções são: sardinha, azeite extra virgem, abacate, Açaí (polpa pura sem xarope, ok?!), linhaça, chia, castanhas, nozes e sementes. Evite óleos industrializados de garrafas de plástico.

5. Tome chás medicinais. Neste caso tenho 4 grandes recomendações para você: Moringa, Unha de gato, Raspas de limão, Equinácea (uma erva antiga muito usada na idade média, e muito eficaz contra viroses, gripes e resfriados).

6. Use própolis. O própolis pode ser usado preventivamente, porém, é interessante variar sempre de marca ou tipo de própolis (verde ou vermelho ou normal) para não gerar resistência bacteriana. Você pode usar de 5 a 10 gotas por dia, diluídas no mel, ou no chá quente ou no suco de um limão.

7. (Durma) Dormir cedo. Nossa imunidade só se regula e (se) prepara para o próximo dia de “trabalho” quando a gente alcança o sono reparador pelo período correto, por isso dormir às 22h30, de preferência por 8 horas é o ideal.

8. (Pratique) Lazer ao ar livre. Nós humanos fomos criados para cuidar da natureza e a natureza foi criada para nós, segundo o livro de Gênesis. Por isso, quanto maior nossa interação com ela através de ar puro, pássaros, verde das plantas, animais, mar, cachoeira, rios e afins, melhor será nosso controle do estresse, por exemplo.

Conclusão

Espero que estas dicas sejam úteis para você como tem sido para os meus pacientes. No próximo artigo será abordado o fortalecimento da imunidade para lutar contra a maioria das infecções virais inclusive essa virose que temos enfrentado ultimamente. Um forte abraço.


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui