Igrejas são incendiadas na Guiné
A equipe local da Portas Abertas investiga as possíveis causas dos incêndios | Foto: Arquivo

Os incidentes aconteceram durante protestos violentos

Além da ameaça da Covid-19 (coronavírus), a Guiné passa por um momento turbulento. No dia 22 de março, a população participou da eleição de 14 membros da Assembleia Nacional e de um referendo constitucional. Houve uma manifestação da sociedade civil e da Frente Nacional de Defesa da Constituição em oposição à suposta manobra do executivo para se manter no poder por mais tempo. Os policiais reagiram com munição real; houve dez mortes e muitos feridos. Além disso, quatro igrejas foram incendiadas durante os protestos.

No referendo, a população deveria escolher se a presidência teria um limite de dois mandatos ou se o tempo no cargo aumentaria de cinco para sete anos. Se a nova proposta for aprovada, o atual presidente, Alpha Conde, se manteria no poder e os mandatos anteriores dele não valeriam, então poderia concorrer às eleições.

Um membro da equipe regional da Portas Abertas confirmou os incidentes, mas disse que ainda estão verificando a motivação dos incêndios. Se foram resultados de problemas políticos, tribais ou religiosos. “Estamos investigando. Mas a situação é muito volátil e os cristãos em geral e nossos parceiros precisam de oração. Quando conversamos com um pastor local por volta das 16h50, horário local, no domingo, ainda podíamos ouvir tiros. O líder cristão estava realmente preocupado com a noite seguinte”, compartilha.

- Publicidade -

Um cristão foi morto enquanto guardava uma igreja na Guiné. Jaennot Vert supervisionava os trabalhos de uma construção próximo ao edifício religioso, quando foi atacado por extremistas. Durante a tentativa de fuga, o cristão foi abordado, executado, e a casa dele destruída por um incêndio. A família de Vert não estava na residência no momento do ataque e precisa das orações dos irmãos e irmãs espalhados pelo mundo para superar a dor da perda.

Pedidos de oração

– Interceda pelos cristãos da Guiné, para que sejam pacificadores e testemunhas de Cristo mesmo em situações adversas.

– Ore pelo líderes e membros das igrejas incendiadas, para que tenham sabedoria e confiança de que Deus está com eles e os ajudará no que for necessário.

– Clame para que os governantes tenham sabedoria e ajam com justiça neste momento de conflito.


Seara News 25 anosSiga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui