Governo proíbe culto drive-in da Igreja Batista do Bosque em Rio Branco (AC)
Catedral da Igreja Batista do Bosque | Foto: Video/Facebook

O culto seria realizado no estacionamento da igreja, no domingo (3), às 18 horas.

O culto drive-in foi divulgado pela igreja com antecedência de quase uma semana. O pastor fez um vídeo orientando aos fiéis para evitar a propagação do coronavírus, seguindo as medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde.

O culto seria realizado no estacionamento da igreja, no domingo (3), às 18 horas, do mesmo modo como tem sido feito por outras igrejas em várias cidades do Brasil. Os participantes não deveriam dar caronas, levar apenas a família no carro, usar máscara e permanecer somente dentro do veículo. Apesar disso, a igreja foi impedida de realizar o culto, que foi cancelado pela Prefeitura de Rio Branco (AC).

A Igreja comunicou o cancelamento do culto aos fiéis, por meio das redes sociais: “Culto drive-in cancelado pelo Comitê Municipal por estar obedecendo à determinação do decreto governamental de não haver eventos em templos religiosos”.

Até esta quinta-feira (7), Rio Branco tinha 870 casos confirmados de Covid-19 e 31 mortes.

A proibição do culto provocou revolta no ex-secretário de Infraestrutura e de Assuntos Estratégicos do Estado, o engenheiro civil Thiago Caetano.

Ele usou as redes sociais para questionar o motivo da proibição do culto que seria inédito na cidade: “perseguição às igrejas?” – perguntou.

O ex-secretário também criticou a ação da prefeitura, mesmo com as precauções tomadas pela liderança da igreja. O método “drive-in”, segundo os organizadores, iria permitir que os fiéis fossem ao templo, mas ficassem dentro de seus veículos, respeitando as regras de distanciamento determinadas pelo decreto governamental.

“Para a surpresa de todos, a igreja foi impedida de realizar o culto. Interessante ressaltarmos que há semanas testemunhamos supermercados lotados de pessoas, filas de banco lotadas de pessoas. Hospitais e farmácias lotadas, visita em obras lotadas de pessoas… E por aí vai. Mas, realizar um culto à Deus, sem nenhum tipo de contato, cada um dentro dos seus carros… Isso não pode!” – desabafou o ex-secretário.

“Será que nesses tempos, em que temos a impressão de que o mundo está sob julgamento, em que muitos estão morrendo sem ter a oportunidade de conhecer a Deus, em que muitas pessoas só têm a Deus para recorrer, é prudente perseguir as igrejas? É prudente impedir as pessoas de buscar a presença de Deus?”, questionou Thiago Caetano, que também respondeu àqueles que defendem que os cristãos não precisam ir aos templos para cultuar a Deus.

“Parem de hipocrisia”, disse. “Porque se não existe a necessidade de buscar a Deus em templos, então também não há necessidade de realizar compras em supermercados (já existe delivery), não precisa abrir bancos (já existem transferências online), não precisa um monte de gente para vistoriar obras (já existem, drones e câmeras que podem transmitir imagens ao vivo). Já existe tecnologia para tudo, ninguém precisa sair de casa para nada. Então, porque não decretar logo que todos, sem exceção, estão proibidos de sair de casa?”

Com AC24horas e Guiame

Colabore com o trabalho do portal Seara News, contamos com seu apoio para ampliar e fortalecer nossa atuação, acesse agora apoia.se/searanews e faça sua doação.

Seara News 25 anos

DEIXE UM COMENTÁRIO ABAIXO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui