Franklin Graham confronta afirmação de Madonna de que Jesus Cristo aprova o aborto
Madonna (Ethan Miller/Getty Images)

Franklin Graham diz que a moralidade de Madonna não cortará com Deus.

O evangelista Franklin Graham está confrontando a chamada ‘Rainha do Pop’ Madonna por dizer que Jesus aprovaria o aborto.

Madonna, que cresceu católica, quer se encontrar com o Papa Francisco para convencê-lo de que Jesus apoiaria o direito ao aborto para mulheres.

Mas Franklin Graham diz que isso é absurdo.

“Madonna diz que o Autor da Vida, Jesus Cristo, aprovaria a destruição da vida através do aborto. Isso é um absurdo! Sinto muito que Madonna e outros que acreditam da maneira que ela é enganada”, disse ele.

“Eles não devem entender que um dia Deus irá responsabilizá-los. Posicionar-se diante de um Deus Santo com o sangue do nascituro em mãos é um pensamento assustador”, disse Graham.

Madonna, de 60 anos, que é famosa por seu comportamento arriscado e suas crenças progressistas, fez seus comentários em uma entrevista com o apresentador australiano Andrew Denton para promover seu novo álbum.

A discussão se voltou para o aborto e os direitos reprodutivos de uma mulher. Madonna disse que gostaria de se sentar com o papa e ampliar o “ponto de vista de Jesus sobre as mulheres”.

“Você não acha que Jesus concordaria que uma mulher tem o direito de escolher o que fazer com seu corpo”, disse ela.

O site do Newsbuster do Media Research Center fornece um link de vídeo para seus comentários:

Madonna tem uma história de indignação da comunidade cristã com comentários e comportamentos de sacrilégio, como o vídeo de 1980, “Like a Prayer”, que o Vaticano via como um escárnio da fé.

Canções de sua “Rebel Heart Tour” anterior foram proibidas em alguns lugares de serem interpretadas por serem “religiosamente insensíveis”.

Madonna também usou a entrevista para promover os direitos das mulheres, mas levantou mais sobrancelhas, incentivando a prostituição.

 “Você pode ser um chefe de estado e pode ser uma prostituta e os dois têm algo a admirar”, disse ela.

“Há uma arte para todas essas coisas e um trabalho não é melhor do que outro e todas as mulheres que fazem todas essas coisas devem ser aplaudidas, respeitadas e admiradas e se é isso que elas escolhem fazer”, concluiu.

Mas Franklin Graham diz que a moralidade de Madonna não cortará com Deus. “Nossa única esperança é nos arrepender de nossos pecados e colocar nossa fé e confiança em Jesus Cristo, nosso Criador e o doador da vida”.

Com informações de CBN News
DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

1 COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui