Fé, até que você não seja mais você!

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie ” (Efésios 2.8,9).

A verdadeira fé surge quando, pela ação do Espírito Santo. Mediante o evangelho, o pecador, humildemente, percebe sua completa incapacidade de vencer o pecado e livrar a si mesmo da perdição. Assim, passa a confiar única e exclusivamente nos méritos de Cristo, reconhecendo a eficácia de Sua Obra redentora. Convencido destas coisas, se rende, de coração quebrantado, ao Salvador e experimenta o novo nascimento.

Fora da cruz não há salvação! Esta verdade se compreende unicamente pela fé. Sem fé ninguém vai a Deus, sem fé é impossível agradar a Deus, sem fé ninguém conserva a viva esperança da eternidade com Deus. Sem fé a pessoa permanece morta em suas ofensas e pecados (Efésios 2.1), portanto, perdida e debaixo da condenação.

Pleitear?

Conheci um crente que sempre dizia: “Nós, que estamos pleiteando nossa salvação…”. Ninguém está em condições de “pleitear” coisa alguma de Deus. Ninguém pode se apresentar perante a ‘justiça divina’ e contestar, argumentar, ou se valer de seus esforços para “pleitar” qualquer favor ou ‘direito’, muito menos a salvação. Não há no homem qualquer virtude que o qualifique para tal. Ao contrário, a salvação “não vem das obras, para que ninguém se glorie”, mas pela graça, por meio da fé que revela nossa impotência (Efésios 2.9). Usando um termo da moda, Deus não ‘empodera’ o homem, mas, por Sua Palavra, desnuda sua fraqueza.

Se você não reconhece sua miséria, é preciso repensar sua crença.

Se sua fé não te leva à convicção de que Cristo é o seu Senhor, nem à certeza da salvação, é provável que você ainda esteja confiando em suas próprias obras e merecimentos.

Se esta é a sua condição, você precisa esvaziar a si mesmo de suas convicções, orgulho e soberba, e chorar amargamente perante o Salvador, rasgar seu coração e suplicar por misericórdia e perdão.

Duas atitudes

Neste caso, duas atitudes são imprescindíveis: A primeira é buscar sincera e diligentemente conhecer a Verdade por meio da leitura das Escrituras Sagradas, considerando que a “fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Romanos 10.17) – ouvir, ler, meditar, acatar, para impregnar a mente.

A segunda é orar persistentemente: “Senhor, ajuda-me a crer” – até que você não seja mais você, e que sua vida não seja mais sua, mas totalmente de Cristo (Gálatas 2.20).

_____________________________________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui