Família, obra-prima de Deus

0
Família, obra-prima de Deus
Imagem: Pixabay

Um quadro de um pintor famoso foi pirateado, e a réplica, embora imperfeita, vendida como original. Mas, o perito contesta sua autenticidade porque conhece.

Far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele… Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar; da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão” (Gn 2.18,21,22).

Deus é o criador da família. Sei que esta afirmação parece ser simplista e repetitiva, mas é necessária. Explico: imagine que um quadro de um pintor famoso seja pirateado, e que a réplica, cheia de imperfeições, seja exibida em alguma exposição artística. Pessoas leigas podem apreciá-la e considerá-la como sendo a original. Se colocada à venda, pode ser que alguém pague caro por ela, no entanto, se examinada por um perito, sua autenticidade logo é contestada, pois quem conhece, conhece.

Deus criou a família, como a vemos na Bíblia, a partir do casamento entre um homem e uma mulher, porém, veio o inimigo, ressignificou alguns textos, iludiu pessoas com um discurso politicamente correto e regado de “amor” (segundo o entendimento secular), e apresentou novos modelos com novas formações: dois pais, duas mães, um pai e duas ou três mães etc. A pessoa sem discernimento espiritual olha e considera tudo perfeito, mas aquele cuja mente é iluminada pelo Espírito Santo logo percebe a farsa e não se deixa iludir: “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo”, e não se deixa enganar (1 Coríntios 2.14,15).

Disse o Criador, “far-lhe-ei”, e o relato bíblico afirma, “formou uma mulher, e trouxe-a a Adão”. Ao criar Eva e uni-la como esposa à Adão, Deus criou a primeira família. Por isso ela não é uma ideia humana, e nem uma sociedade que possa tomar outras configurações conforme a vontade das pessoas ou influência cultural. Reafirmo: O Senhor fez o homem, depois fez a mulher, uniu-os, e assim foi criada a família, monogâmica, e a partir de um homem e uma mulher visando sua completude (Gênesis 2.24), e ordenou-lhes: “Frutificai e multiplicai-vos” (Gênesis 1.28), coisa que só é possível numa relação heterossexual.

A família, como criada por Deus, é Sua obra-prima, outros inventos são obras falsificadas e imperfeitas.

____________________________________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome