22.8 C
Vila Velha

Família de líder cristão é atacada na Nigéria

EM FOCO

Reportagem
SEARA NEWS é o primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo, um aporte eficaz na comunicação, com conteúdo informativo orientado por linha editorial baseada nos princípios bíblicos; e enfoca os matizes do contexto cristão ao redor do mundo.

Umaru foi violentamente agredido, seus dois filhos mortos e sua filha sequestrada durante ataque de extremistas

Em 6 de julho, a manhã na casa da família Umaru começou com gritos e tiros. A residência fica em Maraba, cidade do Norte da Nigéria, e foi o local da morte de dois filhos do líder cristão Daniel Umaru. Ele e a esposa foram hospitalizados e se recuperam bem, apesar da gravidade dos ferimentos. No ataque, a filha de 13 anos do casal foi raptada, mas foi libertada em 11 de julho.

Daniel lidera a igreja Ekklesiyar Yanuwa na cidade de Mubi, Norte da Nigéria. A região é dominada pelos extremistas islâmicos do Boko Haram e do ISWAP (Estado Islâmico da Província da África Ocidental). Recentemente, muitos líderes cristãos foram sequestrados ou atacados nesse território.

No dia 4 de julho, outro líder cristão, Emmanuel Silas, foi sequestrado no estado de Kaduna, Norte da Nigéria. Enquanto Vitus Borogo, outro líder cristão, foi assassinado e o irmão dele raptado na plantação da família em 25 de junho. Nos estados de Katsina e Edo, outros líderes cristãos também foram sequestrados recentemente, revelando a crescente violência contra cristãos na Nigéria.

Meninas do Chibok

O sequestro é uma forma de perseguir os cristãos que cresceu 124% na Lista Mundial da Perseguição 2022, pesquisa realizada anualmente pela Portas Abertas, que classifica os 50 países onde os cristãos são mais perseguidos no mundo.

O número de casos passou de 1.710 para 3.828. A Nigéria foi o local onde aconteceram 66% deles, com 2.510 de casos, e 26% no Paquistão, com aproximadamente mil casos.

Um dos casos mais conhecidos de sequestros na Nigéria é das meninas do Chibok. Em abril deste ano, o sequestro completou 8 anos.  Na ocasião, o Boko Haram invadiu a escola secundária de meninas em Chibok, na Nigéria, onde 275 meninas estavam reunidas para fazer uma prova. Fingindo serem seguranças do governo que vieram protegê-las, os invasores colocaram as meninas em caminhões e fugiram em direção à Floresta de Sambisa. Dessas, 47 escaparam antes, durante ou logo após o ataque. Demorou mais de dois anos até que outras meninas conseguissem a liberdade. Sete anos depois, 111 ainda continuam com o paradeiro desconhecido. Neste dia, os pais recordarão o evento que mudou suas vidas para sempre.

Faces da Perseguição

Um desses pais, Yakubu, conta sua história no primeiro episódio da segunda temporada do Faces da Perseguição, série documental, que vai ao ar amanhã, dia 13 de julho, no canal do Youtube da Portas Abertas.

Yakubu é pai de uma das 275 meninas que foram sequestradas em Chibok em 2014. Desde então, ele não tem mais notícias da filha, nem sabe se está viva. Ele segue firme na esperança de que Deus encontrará as meninas, enquanto encoraja outros pais e levanta orações.

A série Faces da Perseguição será lançada amanhã e conta com 12 episódios semanais, que trará a cada dia um cristão perseguido contando sua história de perseguição e perseverança em sua fé em Jesus.

Para receber os episódios antes do lançamento, com exclusividade, cadastre-se no site. Veja o trailer e saiba mais sobre a série Faces da Perseguição

Crédito: Portas Abertas

DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
Se encontrou algum erro, deseja sugerir uma pauta, ou falar conosco. Clique aqui!
- Publicidade -

LEIA TAMBÉM

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
www.AutoPECAS-online.Pt

LEIA TAMBÉM