spot_img
spot_img
27.9 C
Vila Velha

Extremistas atacam Igreja e cristãos são sequestrados em Camarões

EM FOCO

Seara News
Seara News
SEARA NEWS é o primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo, um aporte eficaz na comunicação, com conteúdo informativo orientado por linha editorial baseada nos princípios bíblicos; e enfoca os matizes do contexto cristão ao redor do mundo.

Uma igreja foi atacada na cidade de Nchang, Sudoeste de Camarões. A região é próxima à fronteira com a Nigéria, onde os extremistas têm feito diversos ataques recentemente. Os relatos confirmaram que 30 homens armados invadiram a igreja na sexta-feira, 16 de setembro, atiraram para cima e incendiaram a igreja. Eles também raptaram cinco líderes da igreja e outros quatro cristãos.

O grupo separatista Ambazonia se responsabilizou pela ação. Ele costuma atacar regiões onde há presença inglesa para destruí-la. Apesar da motivação do ataque ser político, a igreja enviou uma carta no domingo dizendo que desde o fortalecimento do grupo separatista em 2016, cristãos têm sido alvos de raptos, torturas e tiroteios.

Representantes da igreja disseram que escolas, hospitais e outras instituições administradas pela instituição são atacadas com frequência. Um representante do Ambazonia disse que o grupo considera a escola um instrumento de manipulação da cultura inglesa em Camarões, por isso o ataque.

Mobilizações

Outras igrejas se mobilizaram na região contra o fechamento das escolas e raptos do Ambazonia. Um dos representantes da comunidade cristã local disse: “As pessoas nos conhecem pela defesa da paz e da justiça. Não queremos nos envolver em conflitos políticos. A carta enviada é um pedido de oração. Lamentamos os sequestros e pedimos aos cristãos que orem pelos que foram raptados”. Além dos custos financeiros para reconstruir os edifícios, 750 mil pessoas estão deslocadas por causa dos conflitos internos no país.

O representante da Portas Abertas na África comentou: “Condenamos veementemente os ataques às instituições cristãs, sequestros e violência aos cristãos. Não podemos classificar a situação como perseguição aos cristãos, pois não é o foco dos separatistas, no entanto, não deixamos de preocuparmo-nos com os efeitos brutais que o conflito político tem trazido para a igreja e os ministérios cristãos”.

O governo mobilizou a defesa para o Norte do país, o que deixou o Oeste exposto aos ataques do Boko Haram, extremistas religiosos cujo principal alvo são os cristãos. Moradores da região e grupos humanitários relatam que as ações do governo são ineficientes para protegê-los.

- Publicidade -

LEIA MAIS...

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

LEIA TAMBÉM

ARTIGOS E DEVOCIONAIS

- Publicidade -
Suprema Contabilidade
- Publicidade -Anuncie em Seara News
- Publicidade -
Rádio Seara News