Extremista, Boko Haram mata 71 soldados do Níger
Boko Haram ataca vilarejos na região do Sahel com o objetivo de implantar o islamismo radical | Foto: Portas Abertas

Grupo extremista também invade vilas e mata cristãos

O grupo extremista Boko Haram atacou mais uma vez no dia 11 de dezembro no Níger. Desta vez, as vítimas fatais foram 71 soldados e outros 12 ficaram feridos, no vilarejo de Inates. O acontecimento foi considerado um dos mais mortais contra as Forças Armadas nigerinas em anos. Os militantes islâmicos têm expandido os domínios sobre as regiões de Tillabéri e Tahoua, que fazem fronteira com o Mali e Burkina Faso. O resultado das ofensivas já descolocou 80 mil pessoas. Isso representa a segunda maior crise nas fronteiras de um país.

No Mali, mais de 100 soldados foram mortos nos últimos três meses. Eles estavam lutando contra a crescente violência na região. Já no leste e sul de Camarões, o Boko Haram matou ao menos 275 pessoas, incluindo 225 civis. Alguns cidadãos foram mutilados e outros sequestrados. O grupo extremista tem aterrorizado a região do Sahel para implantar um islamismo radical, que torna proibido o relacionamento político ou social com o Ocidente. Os impedimentos incluem votar nas eleições, restrições de vestimentas e receber educação que não seja muçulmana.

Dentre as principais vítimas do grupo estão os cristãos. Algumas aldeias são invadidas, as casas incendiadas e a população é morta pela fé diferente dos extremistas islâmicos. A Portas Abertas trabalha para fornecer ajuda a todos os que foram vítimas da ação de grupos como o Boko Haram. Um dos projetos é o Centro de Aconselhamento pós-trauma, na Nigéria. Lá, os líderes cristãos recebem treinamento para aconselhar os cristãos traumatizados pela intolerância religiosa. Apoie esse projeto!

Pedidos de oração

Interceda pelos familiares dos 71 soldados que foram mortos durante um ataque no Níger. Peça que Deus conforte a todos e envolva cada um com amor e esperança.

Ore pelos governantes da região do Sahel, para que eles tenham sabedoria e táticas para vencer os grupos extremistas, que têm dizimado as vilas em nome do radicalismo muçulmano.

Clame pela vida dos membros do Boko Haram, para que a liderança deles tenha um verdadeiro encontro com Cristo e parem de destruir a vida das pessoas que vivem na região.

[Com Portas Abertas]

DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
.
Seara News 25 anos

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui