Ex-mórmon revela segredos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

10
1590

Um professor e evangelista disse que depois de 30 anos na Igreja Mórmon, chegou a uma conclusão – A Bíblia é mais acurada do que o Livro do Mórmon, e Deus é maior do que o homem transcendente adorado pelos “Santos dos Últimos Dias” (SUD).

Ex-mórmon revela segredos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias“Eu comecei a sentir como alguém puxando as cortinas em OZ”, disse Lynn K. Wilder, professor associado de educação especial na Universidade Florida Gulf Coast ao The Christian Post na segunda-feira.

Lynn, ex-professor titular da Universidade Brigham Young, é autor de Unveiling Grace: The Story of How we Found Our Way Out of The Mórmon Church (Revelando a Graça: A História de Como nós Encontramos a Saída para a Igreja Mórmon). Ela contrastou as igrejas mórmon e cristãs, desvendando os segredos da SUD – poligamia, racismo, e uma desconfiança fundamental da Palavra e Poder de Deus.

Missionários mórmons bateram em sua porta, falaram sobre os “últimos dias”, e deram boas vindas aos Wilders à comunidade bem unida. “Eles te trazem para dentro, eles te amam, eles começam a suplantar a minha família biológica”, explicou Wilder. Entrar para a igreja lhe deu um status maior para ela e seu marido na Faculdade e comunidades da igreja. Em 1999, Brigham Young University, lhe ofereceu um trabalho.

Depois de se mudar para Utah, contudo, a professora contou novas descobertas – as escrituras mórmon ainda pregam racismo e poligamia, apesar das negações públicas por parte da igreja. “A Bíblia não ensina que a marca de Caim foi uma pele escura”, ela explicou, “mas o Livro dos Mórmons sim”. Ela notou que a marca de Caim está em outras escrituras mórmon também, além do livro do Mórmon.

Não foi até seu filho Micah deixar a Igreja Mórmon, contudo, que Wilder considerou questionar suas doutrinas, disse ela. Recusando-se apresentá-lo ao templo da SUD para excomunhão, ela e seu marido o mandaram embora, e ele os encorajou a ler o Novo Testamento.

“Os Mórmons acreditam que a Bíblia é muitas vezes mal traduzida e corrupta”, testemunhou a ex-professora da BYU. Sua escritura fala de uma “grande apostasia”, após a morte dos apóstolos, de modo que não havia verdadeira igreja até que Joseph Smith fundou o mormonismo em 1830.

Mas quando Wilder leu o Novo Testamento, ela ficou hipnotizada. “Eu fiquei consumida com esse Deus do amor, o Deus da graça,”disse ela, notando que os Mórmons acreditam em salvação baseada em obras. De acordo com a igreja SUD, suas ações te levam ao céu, explicou ela, enquanto que “no Cristianismo, Cristo fez todo o trabalho na cruz”.

A igreja mórmon também ensina que Jesus falhou em manter Sua igreja unida, observou a professora. Ela citou a História da Igreja de Joseph Smith, onde o fundador mórmon escreveu: “Eu tenho mais a gabar-me do que qualquer outro homem teve. Eu sou o único homem que tem sido capaz de manter toda a igreja unida desde os dias de Adão… Nem Paulo, João, Pedro, nem Jesus fizeram isso.”

Wilder disse que ela acreditava que Deus era forte o bastante para manter Sua igreja unida e para preservar a mensagem na Bíblia. No mormonismo, contudo, Deus não é onisciente e onipotente, “Ele é um homem, basicamente, que continua a progredir e que eu posso estar no mesmo caminho”, disse ela.

A ex-professora da BYU explicou que, de acordo com a doutrina SUD, os melhores mórmons irão proceder para se tornar deus como o criador. As mulheres podem alcançar somente se elas foram casadas, e somente apóstatas – aquelas que rejeitam a igreja SUD – irão para o inferno com Satanás e seus servos. Mesmo Hitler e os assassinos, pelo contrário, irão atingir o nível mais baixo nos céus, disse ela.

A ex-mórmon se lembrou que, quando ela se voltou para jesus, ela começou a ver sinais do Deus bíblico pessoal (o deus mórmon não é pessoal, alegou ela) tocando muitos aspectos de sua vida. Seu livro diz a história das imagens de Cristo que sobreviveu edifício em chamas, e o sermão de Billy Graham marcado em sua memória.

Wilder testemunhou que um comprador apareceu em sua casa no dia seguinte em que ela e seu marido decidiram sair da igreja mórmon, e um reitor da faculdade lhe ofereceu um trabalho pela qual ela nunca aplicou. “Cristianismo é maravilhoso por causa de Deus”, disse ela. “Ele criou para todos de nós uma nova família, uma nova vida, e a confiança mais surpreendente nEle por causa do que nós O vimos fazer.”

Além de ensinar, ela e seu marido lideram um ministério dedicado para “ajudar os mórmons a entender um Deus maior, acreditar na Bíblia, e dar um Jesus diferente uma chance”. Ela disse que eles pretendem alcançar milhares de mórmons que deixaram a igreja SUD – muitas vezes para reverter em ateísmo ou agnosticismo.

The Christian Post

10 COMENTÁRIOS

  1. Muitos seguem estes professores de história que de nada conhece a plenitude ou a veracidade da igreja restaurada, seguem comentários, especulações e escritos sem fundamentos, típicos de escritores destes periódicos como revistas, jornais etc. e muitos professores de história, como forma de ilustrar sua aula. usam destes recursos falsos, assim, ha um pobreza do verdadeiro testemunho pelo conhecimento puro e real destes profissionais, com exceção dos que são realmente convertidos,assim muitos deixa de seguir o certo e vão pela cabeça de quem não tem o verdadeiro conhecimento sobre tudo que a igreja restaurada propõe segundo Jesus Cristo previu e seu profetas, tanto do antigo como do novo testamento. Mas a igreja continua seu aceleramento estrondoso, se fosse falsa Deus já teria destruído. mas assim como ele , nosso pai, sabemos que ela é perfeita em tudo mesmo e com certeza vai preserva-la pois assim é sua vontade

  2. O que tem de segredo neste artigo?
    KKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Sou Mórmon não ativa, porém não deixo de crer na veracidade do evangelho e que DEUS e JESUS CRISTO são a base de toda igreja. Joseph Smith não é um DEUS ou um SANTO… é como nós e somos gratos pelos seus ensinamentos, assim como sou trata a minha mãe pela minha vida.
    Nunca vi racismo na igreja e para 30 anos de participação você não conseguiu nem entender a história de CAIM. Como pode ser professora.
    Mais os segredos do templo não foram publicados né, nem por vc nem por ninguém… simplesmente por que DEUS não permite.
    Sabemos até onde Deus nos permiti saber, no mais FÉ.

  3. A religião mórmon e a maior fraude ou uma das maiores fraudes religiosas já criadas. Esta igreja é o próprio símbolo do que Jesus ensinou sobre falsos profetas vestidos de ovelhinhas. Estes Mormons são perigosas raposas!!! A igreja e fantasiada de seriedade, mas o negócio é dinheiro, é a mais pura lavagem cerebral e enganação.

    • O que vc sabe da obra da Igreja mórmon??
      Já estudou as escrituras ? já foi a uma conferência ? já ouvistes algum discurso de algum líder da igreja? ou simplesmente “ouviste falar” que é isso ou aquilo??

      Para discordarmos temos que estudar a doutrina e orar a Deus para saber se isso é verdade ou não.

      Tais conhecimentos advém de nossa fé e pelo espírito santo que nos testifica a verdade de todas as coisas. Vá conhecer a doutrina e a obra depois venha comentar com conhecimento de causa. Raposas?? Quero ver uma igreja que faça uma obra de caridade tão grandiosa no mundo ela é realizada pelos membros e AJUDA MEMBROS e NÃO MEMBROS DA IGREJA em todo mundo, diga-se de passagem, depois de qualquer catástrofe são os primeiros a chegar para ajudar, JUNTAMENTE com a cruz vermelha.

      • Gostaria de falar algo a respeito da primeira visão de Joseph Smith. O mesmo afirma ter visto Deus, o pai, e seu filho Jesus Cristo, como dois personagens de grande glória e brilho, que deram instruções a respeito da organização da Igreja que seria a única aceita por Deus na face da terra.

        É interessante o relato, pois a Bíblia afirma que nenhum homem pode ver a Deus e sobreviver à sua glória. Os mórmons acreditam que essa passagem bíblica está errada e de fato mais tarde, Joseph, por meio de revelação, reescreve a Bíblia corrigindo seus erros. Algo que ficou conhecido com “A versão inspirada da Bíblia”; e ele corrige essa passagem para “nenhum homem pode ver a Deus sem o Sacerdócio e sobreviver à sua glória”.

        O que Joseph não explica é que ele com 15 anos de idade ainda não tinha recebido o Sacerdócio e, portanto, não poderia ter visto Deus e sobrevivido à sua glória; pois como ele mesmo afirma na “versão inspirada” seria necessário possuir o Sacerdócio….

        Mais tarde, na tentativa de tapar o sol com a peneira, a Igreja inventou um tal de “manto de autoridade temporário” que Deus teria colocado sobre Joseph para que ele pudesse suportar a “primeira visão”…

        Alguns autores, conferencistas e pesquisadores Norte-americanos, que conheceram a Igreja Mórmon e tiveram acesso a alguns documentos, afirmam que a “primeira visão” possui 9 versões diferentes, pois à medida que as contradições iam aparecendo Joseph alterava detalhes de seu relato. Entretanto mesmo a versão que temos hoje não está livre de contradição.

  4. Esta mulher é muito mal intencionada e mentirosa, não compreendeu a doutrina e fica espalhando mentiras pela terra, falou absurdos. Estou na Igreja há 5 anos e nunca ouvi dizer que Joseph foi ou se sente mais importante do que Jesus, nem nos ensinou isso. Coitada teve a oportunidade de conhecer o evangelho restaurado mas não teve discilplina nem diligência para conhecer e estudar as escrituras, e seguir as orientações dos profetas videntes e reveladores.

    Agora vai fundar sua igreja, assim como tantas outras que surgiram depois de sairem da Igreja de Jesus Cristo dos Santo dos Ùltimos Dias, sei de pelo menos duas ou três que tem a doutrina parecida por que será ?? kkk

    Na igreja mórmom o dinheiro vai para a obra e não para o bolso de qualquer um, obra missionária e construção de novas capelas e publicação do livro de mórmon, a presidência na conferência faz prestação de contas muito precisa e correta, e ajuda seus membros e outras pessoas necessitadas, resumindo faz muita obra de caridade. Também nunca vi racismo dentro da Igreja.

  5. Se você está conhecendo o mormonismo FUJA ENQUANTO É TEMPO.
    Eu perdi trinta anos de minha vida nesta seita maluca. Vivi em uma bolha
    de fanatismo e ilusão. Felizmente sobrevivi para superar todo o mal que
    me submeteram.

    Pesquise: veja no Youtube como são as cerimônias dentro dos templos mórmons.
    FUJA!!!!

  6. Livro importante que faltava no Brasil: a história de Joseph Smith baseado em fatos, não nas lendas mórmons.
    Altamente documentado, destríndo as frágeis crenças mórmons sobre seu profeta.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome