Evangelista da Assembleia de Deus participa do Sínodo da Amazônia no Vaticano
O historiador Moab César Carvalho Costa, evangelista da Igreja Assembleia de Deus em Imperatriz (MA), em momento de diálogo com o papa Francisco, no Vaticano | Foto: Facebook

Evangelista da Assembleia de Deus recebeu presente do papa Francisco, pela participação no Sínodo da Amazônia realizado no Vaticano.

Entre os participantes do Sínodo da Amazônia, assembleia especial que discute temas políticos relacionados ao meio ambiente e assuntos internos da Igreja Católica em Roma, ao longo do mês de outubro, está o evangelista Moab César Carvalho Costa, que faz parte do quadro de ministros da Assembleia de Deus em Imperatriz (MA).

O Brasil tem a maior delegação entre os participantes, 58 bispos da região amazônica, além de outros nomes na cúpula do encontro presidido pelo papa Francisco e que provocaram reações negativas no governo Jair Bolsonaro.

Além de cientistas, nomes ligados à Organização das Nações Unidas (ONU), representantes de ONGs e povos indígenas, o papa Francisco também convidou representantes de igrejas evangélicas – cuja presença expansiva na Amazônia é uma das preocupações do sínodo católico. Seis deles estão entre os chamados “delegados fraternos”, sendo quatro brasileiros: o historiador Moab César Carvalho Costa, evangelista da Igreja Assembleia de Deus em Imperatriz (MA); o reverendo Nicolau Nascimento de Paiva, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil; e dois nomes da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil – Daniel Dos Santos Lima, membro da Comunidade Anglicana de Manaus (AM), e o reverendo Cláudio Correa de Miranda, vice-coordenador do Conselho Amazônico de Igrejas Cristãs.

O evangelista Moab César registrou os momentos em seu perfil no facebook, começando com o link da publicação da lista de convidados, em 21/01/2019, onde seu nome aparece como “Delegado Fraterno”, além de fotos com o sumo pontífice, assim como também a homenagem recebida do papa Francisco, por estar participando do evento.

Momentos de diálogo

O evangelista considerou o evento como momentos de diálogos, e comentou em uma publicação: “Um diálogo católico-pentecostal. Sínodo para a Amazônia”.

Presentes

Ainda na rede social, o evangelista assembleiano comentou a proximidade do encerramento do sínodo e publicou fotos de presentes recebidos do papa Francisco. “No domingo será o encerramento oficial de todas as atividades do Sínodo para a Amazônia. Hoje recebemos um presente especial do Papa Francisco, uma medalha pontifícia pela participação no Sínodo. O valor é histórico e inestimável”, publicou o historiador.

O Sínodo da Amazônia encerra neste domingo (28), com uma missa do papa Francisco na Basílica de São Pedro. Entretanto, os resultados do encontro só serão conhecidos após a exortação apostólica que será proferida pelo pontífice.

Representação

Ainda não temos informação se o evangelista participa do Sínodo representando a denominação assembleiana brasileira, designado por sua igreja local, convenção estadual ou nacional. Para o editor do blog Point Rhema, pastor Carlos Roberto, a representação não foi explicada. “Em que pese se apresentar como um Ministro credenciado pela Assembleia de Deus, não ficou claro se representa a denominação e ou o ministério a que pertence, nesse conclave da Igreja Católica”, comentou o pastor.

________________________
DEIXE UM COMENTÁRIO ____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui