DreaMed: Otimização no tratamento da Diabetes
DreaMed se dedica a melhorar a vida de pacientes dependentes de insulina | Foto: DreaMed Diabetes

A diabetes provou ser uma das principais causas de cegueira, insuficiência renal, ataques cardíacos, derrame e amputação de membros inferiores, e continua a ser uma das principais causas de morte no mundo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 422 milhões de pessoas em todo o mundo têm diabetes, particularmente em países de baixa e média renda. Por isso, a DreaMed se dedica a melhorar a vida de pacientes dependentes de insulina, pois a diabetes provou ser uma das principais causas de cegueira, insuficiência renal, ataques cardíacos, derrame e amputação de membros inferiores, e sem uma otimização no tratamento, a diabetes continua a ser uma das principais causas de morte no mundo. 

Nos últimos meses, nos concentramos em tudo e qualquer coisa ligada à doença de Covid-19. Temos feito o possível para proteger a nós mesmos e a nossos entes queridos enquanto tentamos manter qualquer aparência de normalidade, sempre que possível, em prol de nossa própria sanidade. No entanto, ao colocar o Covid-19 no centro das atenções, outras condições que alteram a vida – a maioria das quais são igualmente alarmantes – acabam sendo colocadas em segundo plano. O diabetes é uma das principais doenças que ultimamente não vem recebendo a atenção que merece.

Outra faceta importante aqui é que, à medida que o coronavírus continua a se espalhar e as segundas ondas assolam grande parte do mundo, hospitais e centros de tratamento terão um gargalo a ser superado à medida que se enchem de pacientes com COVID-19.

Somente para esclarecer, existem dois tipos de diabetes chamados “Tipo 1” e “Tipo 2”. O diabetes tipo 1 é caracterizado pela produção deficiente de insulina e requer administração diária de insulina. Nem a causa do diabetes tipo 1 nem os meios para preveni-lo são conhecidos. A diabetes tipo 2 resulta do uso ineficaz de insulina pelo organismo. A maioria das pessoas com diabetes tem diabetes tipo 2. Este tipo de diabetes é amplamente o resultado do excesso de peso corporal e inatividade física.

Recomenda-se, dieta saudável, exercícios, manutenção do peso corporal recomendado e evitar o uso de tabaco, para prevenir ou retardar o aparecimento do diabetes tipo 2. Para quem já tem diabetes, a esperança não está perdida. A Organização Mundial da Saúde alega que as consequências do diabetes também podem ser evitadas ou retardadas com dieta, atividade física, medicamentos e triagem e tratamento regulares para complicações.

Mesmo assim, há muito espaço para melhorias na prevenção de complicações do diabetes, aí entra em cena o DreaMed Diabetes, baseado em Petah Tikva . A DreaMed Diabetes se dedica a melhorar a vida de pacientes dependentes de insulina e de seus cuidadores, capacitando-os com medicina personalizada inovadora e tecnologia de suporte à decisão.

A empresa foi criada em 2014, como um spin-off do Consórcio International Dream, para comercializar a tecnologia de controle de insulina por trás do Glucositter. A DreaMed Diabetes então, inovou com os estudos de pâncreas artificial nas casas dos pacientes, após se tornar a primeira empresa do mundo a receber a aprovação da marca CE para um sistema de pâncreas artificial.

Hoje, a DreaMed Diabetes está trazendo a opção de controle glicêmico ideal para pacientes em todos os lugares, com um plano de tratamento personalizado que melhora sua qualidade de vida e reduz seus custos gerais de tratamento.

Além disso, oferece um sistema de suporte à decisão clinicamente comprovado para titulação de insulina em pacientes com diabetes tipo 1, o Advisor Pro. O ADVISOR PRO SOFTWARE foi criado por profissionais de diabetes e fornece otimização personalizada do gerenciamento da terapia com insulina. As recomendações são baseadas na análise de informações derivadas de CGM, glicosímetros, bombas de insulina e o uso de dados orientados a eventos.

É impulsionado pela tecnologia baseada na nuvem, utilizando inteligência artificial e algoritmos para análise de dados rápida e eficiente. O objetivo da plataforma é auxiliar os profissionais médicos no gerenciamento de pessoas com diabetes, fornecendo recomendações personalizadas de dosagem de insulina de maneira fácil e eficiente para cada paciente.

A empresa, que anunciou recentemente integrações com a Billings Clinic em Montana e o Hospital Infantil Lucile Packard de Stanford, na Califórnia, ganhou as manchetes durante a pandemia, porque a crise do COVID-19 relegou as pessoas com diabetes a ficarem isoladas da esfera pública, devido à sua suscetibilidade a complicações da infecção, conforme relatado pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC).


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui