Dicas para um feliz Ano Novo!

0
29

Dicas para um feliz Ano Novo!

por Ciro Sanches Zibordi

Não sou escritor ou palestrante do segmento autoajuda. Mas penso que Deus, por sua infinita graça, tem oferecido ajuda do alto a algumas pessoas através dos meus singelos textos. Neste artigo apresento aos meus queridos leitores pequenas dicas para um feliz Ano Novo.

1. Seja otimista. Quem tem certeza absoluta de que Deus está no controle de sua vida não deve ser pessimista. Se for aprovado em um concurso, glória a Deus. Se não passar, louve ao Senhor e espere outra oportunidade. Se for demitido, seja grato a Deus por isso, também. Não desanime nunca. E faça a sua parte, preparando-se para novas portas que, certamente, se lhe abrirão.

2. Comece o dia em comunhão com o Criador. Louve a Deus, ao acordar. Abra a janela do seu quarto, olhe para o céu, para a natureza, ouça o canto dos pássaros. Dirija seu veículo cantando louvores. Atravesse a rua dando glórias àquEle que dirige os seus passos. Louve ao Senhor Jesus pelo dom da vida!

3. Seja altruísta. Faça um esforço para pensar nas dificuldades do próximo. Seja paciente no trânsito, dirija devagar, respeite o pedestre. Esvazie-se da brutalidade que diariamente quer brotar dentro de você. Não se deixe influenciar pelo egoísmo prevalecente no mundo sem Deus. Faça o bem às pessoas à sua volta.

4. Não queira “levar vantagem”. Se você não é idoso ou deficiente físico, não use a vaga destinada a essas pessoas. Não “fure” fila. Não compre produto “pirata”. Seja honesto, ainda que não receba nada em troca, aparentemente; ainda que você seja o único a fazer o que é correto. Deus o recompensará.

5. Pare de murmurar. Ah, como é difícil conviver com pessoas que reclamam de tudo e de todos! Se chove, não está bom. Se faz frio, também está ruim. Se faz calor, então… Experimente ver o lado bom de todas as coisas. Nenhum lugar do mundo é perfeito. Por isso, precisamos extrair o que é bom por onde passamos.

6. Seja grato a Deus. Se chegamos ao fim de 2012, mesmo com lutas e sofrimento, foi graças a Ele. Agradeça ao Senhor, ao levantar-se da cama, antes das refeições, ao sair de casa, antes de dormir, etc. Lembre-se da graça de Cristo, a cada dia. Ele lhe deu a maior bênção, dentre todas, a certeza da vida eterna.

7. Tenha senso de humor. Você não precisa ser mal-humorado para demonstrar que é santo. Rir no momento certo faz bem. Fazem parte da vida o rir e o chorar. Por que viver chorando pelos cantos? Levante a sua cabeça! A vida segue.

8. Passe menos tempo nas redes sociais. Dedique mais tempo à sua família. Use a Internet para crescer em conhecimento. Não navegue a esmo. Forme a sua coletânea de bons sites e blogs. Mesmo nas redes sociais, seja seletivo. Não perca tempo com efemeridades.

9. Compartilhe o amor de Deus. O verdadeiro Evangelho muda o mundo e a vida das pessoas. Evangelize seus parentes, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, etc. Partilhe com eles os preciosos ensinamentos do Senhor Jesus.

10. Tenha contato diário com a Bíblia Sagrada. Você já leu a Bíblia toda? Se sim, faça isso de novo. Experiente lê-la em outros idiomas. Dedique tempo ao estudo sistemático da Palavra de Deus. Isso, com certeza, tornará a sua vida melhor neste novo ano.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA Declaração de Cambridge
Próximo artigoLiminar derruba reunião da CGADB de análise de exclusão de Samuel Câmara
Ciro Sanches Zibordi
Casado com Luciana e pai de Júlia. Pastor na Assembleia de Deus da Ilha da Conceição, em Niterói-RJ; pregador do Evangelho, professor de Hermenêutica, Exegese e Teologia Sistemática, autor e articulista. Formação: Teologia (Faculdade Evangélica de São Paulo-SP); Português-Francês (Universidade Federal Fluminense-RJ); Relações Internacionais (Universidade La Salle-RJ). Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e da Casa de Letras Emílio Conde; colunista do CPAD News; articulista do Mensageiro da Paz (CPAD); autor dos livros: Erros que os Pregadores Devem Evitar (bestseller; série de 3 volumes); Procuram-se Pregadores como Paulo; Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria; Erros que os Adoradores Devem Evitar, etc.; coautor de Teologia Sistemática Pentecostal, todos da CPAD. Pastoreou congregações na AD do Ministério do Belém-SP e foi copastor da AD Cordovil-RJ; atuou na CPAD (RJ) como gerente de TI e editor (2001-2008).

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome