Deus se tornou barro e o homem oleiro?

1
102

“Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos” (Malaquias 3.6).

Deus se tornou barro e o homem oleiro?Faz algum tempo que escrevi um artigo com o tema: Quem você pensa que é? Você é barro e foi tirado da lama!

Nesse pequeno texto que escrevi eu mostrava como Deus nos molda e nos faz crescer e como não podemos fugir do fato de que Ele molda o barro como quer. Ontem à noite assistindo um programa gospel na TV comecei a me perguntar se as coisas não estão agora acontecendo de modo contrario. Estará Deus se tornando o barro e o homem o oleiro? Estamos invertendo os valores. Fiquei muito incomodado ao ouvir a mensagem de um tele-evangelista não sei o que ele era se era pastor, missionário, bispo, apóstolo, pai-póstolo, ancião, patriarca, serafim, querubim, arcanjo ou semideus.

Eu sei apenas que me irritei bastante com a maneira como ele apresentava o evangelho e falava de Deus. Não posso deixar de me revoltar com a forma como esse e muitos outros estão desenhando o nosso Deus. Eles o desenham de maneira fútil, pobre, mentirosa e horripilante. Eles tentam molda-lo de acordo com suas próprias crenças e objetivos financeiros dentre outras coisas. Ele dizia: Se você fizer o voto de mil reais e Deus não te dê teu carro, tua casa ou tirar tua empresa da lama, então Ele não é Deus!

E continuo: Você precisa ser valente, se você é fiel nas suas ofertas e nos seus dízimos você recebeu o direito de coloca Deus na parede, pois Ele disse para fazer prova dele. Mostre sua fidelidade e cobre a fidelidade dEle, pois ou Ele te abençoa ou Ele não é Deus é uma mentira!

Ele insistiu por mais de trinta minutos em seu pedido, tudo muito bem regado com o texto bíblico de Malaquias 3.10.

O que a maioria das pessoas que fazem essas contribuições não entende é que por mais fieis que elas sejam no dizimo e em suas ofertas, existem outros fatores que Deus observa antes de abençoar alguém. Ele vê a comunhão e a devoção do individuo. Observa como ele convive com as pessoas em sua volta e trata sua família. Se ele vive uma vida de fé e santidade, etc. Se não fosse assim a pessoa estaria apenas barganhando com Deus, e pior, se eu fosse um Deus não faria esse tipo de negocio nunca, pois o camarada não tem compromisso de fé, devoção e santidade comigo, me dá mil e eu tenho que devolver cem mil ou o individuo vai me colocar na parede para me cobrar e duvidar da minha deidade, não, esse não é um bom negócio.

Apesar de me enojar com a forma grosseira como ensinam e falam de Deus, tenho que lembra que o apóstolo Paulo já havia nos alertado sobre esse tempo.

“MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência” (1 Timóteo 4.1,2).

Note que o texto diz claramente que esses homens falam mentiras como se fossem verdades. Pregam doutrinas de demônios como se fosse a genuína palavra de Deus e fazem isso porque realmente acreditam nas mentiras que pregam e nos ensinamentos que aplicam. Sim! O texto deixa claro que a mente deles está tão cauterizada com essas mentiras que dão ouvidos a espíritos enganadores e acreditam fervorosamente na mentira que pregam. Não é a toa que vemos em nossos dias tantos cristãos se tornando o “oleiro” e tentando transformar Deus em um barro molhado que pode ser moldado como bem lhes parecer.

É cada vez mais crescente o numero daqueles que tentam desenhar e moldar a Deus aos seus estilos de vida que vão das simples coisas até as mais extravagantes. Tentam adequar Deus a sua vida social e particular a fim de se sentirem a vontade mesmo em situações que um verdadeiro cristão jamais se colocaria.

O pior é que quando homens de Deus, comprometidos com a bíblia sagrada ensinam as verdades das sagradas escrituras de maneira pura e limpa sem nenhuma mistura o que recebem de volta e desdém, criticas e a exposição de seus pontos de vista tais como:

Bem eu não vejo assim…

Eu na verdade acho que não é assim…

Esse pregador deveria se atualizar…

É por isso que as pessoas não se convertem…

Sabe, eu acredito que Deus naquele tempo realmente pensava dessa maneira mais você sabe os tempos são outros…

Eu acho sinceramente que Deus não faria isso ou diria algo tão duro e pesado como esse…

Acredito que a tradução da bíblia deve está errada…

Eu não consigo imaginar Deus sendo tão inflexível assim…

Acredito que para tudo deve haver uma exceção…

Você sabe os discípulos não tinham vida social e nem viviam nesse século…

Precisamos é deixar de ser retrógrados, Deus é amor e só se importa com o coração da pessoa o modo como vivemos não quer dizer nada pra Deus se nos fizermos o bem e amarmos as pessoas…

Não sou o melhor dos cristãos e nem me coloco aqui como o melhor ou pior dos santos mais não posso engolir essas coisas e ficar calado. Deus é imutável e jamais será possível molda-lo ao nosso estilo de vida! Nós é que precisamos nos moldar ao estilo de vida dEle ou jamais seremos seus discípulos.

A santidade de Deus não é negociável! Você não pode barganhar com Deus, o Todo Poderoso não se vende! A bíblia diz que Ele criou tudo apenas com a palavra de sua boca. Ele mede a terra a palmo e coloca as águas do mar na concha de sua mão. Ele colocou nome nas estrelas e chama os raios pelo nome e eles respondem: Eis-me aqui! Quem é que pode colocar Deus na parede? Ninguém!

Para piorar um pouco a situação vivemos um momento na historia do cristianismo em que a rotatividades de crentes migrando de uma Igreja para outra é interminável. Uma igreja que está cheia hoje pode está fazia amanhã e uma vazia em algum lugar ficara cheia. Conheço pessoas que já estiveram em pelo menos dez ministérios diferente e que dizem ainda não terem encontrado um lugar onde realmente se sintam bem. Não me oponho a alguém que não está se sentindo bem ou tenha dificuldade em algum lugar e procure uma ou outra igreja para congregar-se desde que saia em paz e sem pendências de amor, perdão e afeto na congregação que está deixando. Isso porque o individuo dificilmente será abençoado em outro lugar carregando tanto lixo em seu interior, no mínimo ele vai despeja-lo na próxima igreja e trazer muita confusão. O certo é que não me oponho a isso. Mas convenhamos sete, oito ou dez igrejas diferentes só posso pensar que o problema dessa pessoa é com o evangelho e não com o lugar onde ele é pregado.

Essa rotatividade ainda recebe ainda uma ajuda de algumas lideranças que sem nenhum respeito chegam a dizer em rede nacional, como faz constantemente certo apostolo. Ele mostra um testemunho e diz: “Na tua igreja não tem cura divina não? Sai dela e vem pra cá! Na tua igreja não têm campanha de prosperidade e libertação não? Sai daí que o pastor deve estar desviado e com medo de demônio, por isso ele não faz campanha de libertação! Vem pra cá, porque aqui Deus opera!”

Sinceramente, fico espantado com essas coisas, mesmo tendo sido avisado pela palavra de Deus que essas mensagens seriam ensinadas nos últimos dias e que essa rotatividade de crente de igreja em igreja seriam inevitáveis. A verdade é que vivemos um tempo muito difícil e já profetizado pelo apóstolo Paulo.

“Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências” (2 Timóteo 4.3).

Note que o texto bíblico diz que eles amontoarão para si doutores (pastor, missionário, bispo, apostolo, pai-póstolo, ancião, patriarca, serafim, querubim, arcanjo ou semideus) conforme seus desejos mundanos. Agora me diga, por favor. Em que outro tempo na historia nós vimos isso de forma tão clara? Em que outro tempo os homens tentaram colocar Deus na roda do oleiro para tentar moldá-lo como bem lhes parecer, como em nossos dias? Em que outro tempo da historia o evangelho foi tão fatiado e ensinado de forma a se adequar ao estilo de vida das pessoas?

Se alguém hoje quer se congregar na igreja que só prega milagre ela existe. Se ela quer a igreja onde o louvor é daqueles de derrubar o teto e as bandas vão do rock até o pancadão do rap das comunidades, acompanhada com as suas danças ela é logo ali.

Se não bastar, alguém com certeza vai criar uma versão pra alguma dessas musicas imorais e pornográficas que tocam no radio e na tv. Vai criar uma coreografia e dançar nessa igreja. Não acredita? Entre no site do youtube e digite frases como: gangnam style gospel ou pancadão gospel etc.

Quer a igreja que só têm oração, profecias revelação e retété com reprépré? Fica na outra esquina, perto daquela outra que só prega amor. Se você procura a igreja da adversidade que aceita como membro todo o tipo de pessoas com seus credos, crenças e opção sexual, sem que elas precisem mudar nada no estilo de vida pecaminoso que já vivia antes, ela não só existe como está em alta.

Não é de admirar tanta rotatividade de crente e o inchaço de muitas igrejas que ao invés de crescerem, incham levedada pelo fermento dos fariseus.

Não me entendam mal, esse texto não é uma critica ao grande aparecimento de igrejas e ministérios no Brasil, pois muitos deles (não todos) têm contribuído de uma forma espetacular com a pregação verdadeira do evangelho e são presididos por homens que conhecem não apenas a palavra que pregam, mas o Senhor da palavra. Esse texto esta longe de ser um desabafo também, ele é, na verdade, um grito de alerta para aqueles que amam a Deus e um aviso para aqueles que tentam moldá-lo aos seus estilos de vida duvidosos.

DEUS NÃO MUDA! E se Ele mudasse posso garantir que você não iria gostar, porque a bíblia deixa bem claro que nós, em nossos pecados ainda não fomos consumidos porque o caráter santo de Deus é imutável!

“Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos” (Malaquias 3.6).

Pense nisso!

Naquele que disse: Eu sou o oleiro e vós o barro…

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome