Deus e a família

0
242
Deus e a Família
Culto doméstico, família orando (foto: divulgação/internet)

O que o criador espera da família em meio ao pluralismo da imoralidade?

Por Enéias S. Ribeiro

A família é um projeto bíblico iniciado por Deus que deve ser honrado hoje nos tempos chamados modernos. A verdadeira família é aquela que aceita continuar e levar avante a ideia original de Deus para ela em meio a uma sociedade quase que danificada pelo imoralismo. Infelizmente as pluralizadas imoralidades têm danificado as pessoas de família castra no mundo atual. Neste curto artigo conheceremos o que o criador da família requer desta em meio a tanta infidelidade.

Deus quer que a família mantenha o seu formato original

É importante fazer a distinção entre os termos parentescos “casamento, família e lar”. Neste caso entendemos que o casamento foi feito entre um casal (homem e mulher ou marcho e fêmea); a chegada dos filhos fez com que o casal se transformasse em uma primitiva família; e este casal com a família formada precisou de um lar para se abrigar da chuva, frio e calor. Quando falo de manter o formato original, estou dizendo que o homem não pode se dar ao luxo de querer impor novas normas nesta criação divina ou mesmo inova-la ilegalmente ferindo assim os paramentos deixados por Deus em sua palavra para esta família que ele mesmo construiu.

Deus quer a família ausentada da imoralidade

Sabemos que imoralidade é o antônimo de moralidade, neste caso aprendemos que enquanto a boa moral gera bom caráter a imoralidade por sua vez é a responsável de gerar o mau caráter. A família que priva pela boa moral pode até não conseguir mudar a cara de uma sociedade ferida pelo mau caráter, mas que esta conseguirá evitar o aumento de separação e divórcio disso eu estou quase que convencido. A imoralidade familiar é sem sombra de duvida uma ferramenta de destruição em qualquer território escondido dentro deste planeta.

Deus quer a família em contato com a sua palavra

O pior erro que um soldado pode cometer como tal é sair para a guerra sem recursos para encarar o adversário, isso provará que a probabilidade dele perder a vida será bem grande. Ou seja, soldado que vai para a guerra desarmado está pedindo para morrer. Uma família cristã que despreza a palavra de Deus neste campo de batalha de imoralidade, mentira, abortos, adultérios, divórcios, e outras coisas mais; por certo não suportará os ataques vindos destes próprios oponentes citados. Feliz é a família que faz da palavra de Deus o seu “teto de cobertura, o seu solo de apoio e a sua porta de proteção”.

Conclusão

A família não foi criada para ser destruída e reconstruída, biblicamente falando, ela foi criada para se manter originalmente do jeito que Deus a criou.


Eneias da Silva RibeiroEneias da Silva Ribeiro
É casado com Andreia B. dos Santos Ribeiro, pai de Rebeca e Emanueli. Escritor, formado em teologia pelo [instituto bíblico de teologia cristã ENOM] e atua como professor de teologia grego e hebraico bíblico. Segue servindo a Cristo como evangelista na Assembleia de Deus em Flexal II, Cariacica-ES.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome