Seara News | Cris Duran não aceita que cantores convertidos continuem cantando música secular
Cris Duran admite seu posicionamento radial

Em entrevista o pastor e cantor evangélico Cris Duran dispara: “Voltar a cantar músicas românticas, ainda que eventualmente e com letras sem malícia, é algo totalmente descartado…” e diz se arrepender do estilo de vida que levava.

No final dos anos 90 Cris Duran tinha uma carreira musical internacional de muito sucesso, e tinha conquistado praticamente tudo que um cantor sonhava para sua carreira no mercado da música.

Mas no ano de 2001 essa realidade almejada por muitos foi deixada para trás após aceitar Jesus como único e suficiente salvador de sua vida e se tornar evangélico, e então a partir deste momento passou a se dedicar à carreira na música gospel.

- Publicidade -

Cris, hoje com 40 anos no segmento gospel já gravou sete discos no segmento, além dos dois álbuns com as músicas românticas da trajetória de sucesso no segmento secular, hoje totalmente abandonada, conforme testemunha o cantor.

O cantor afirma: “Não me arrependo da minha carreira. Foi ela que me levou à salvação. Ela foi necessária para que eu encontrasse a verdade. Arrependo-me dos pecados que cometi, do estilo de vida que levava”, mas voltar a cantar músicas românticas, ainda que eventualmente e com letras sem malícia, é algo totalmente descartado em sua vida. Ele deixa claro que diverge de artistas como Baby do Brasil, Sula Miranda e Rosanah, que se converteram, mas seguem com seus respectivos repertórios.

“Não gravaria em hipótese alguma uma música romântica, sem chance. A finalidade dos homens não é trabalhar para si. É viver e trabalhar para Deus. Não se deve usar o dom recebido para ser bajulado”, opina ele, admitindo que seu “posicionamento é radical”.

“Acho um absurdo certos cantores continuarem a cantar música secular. Jesus disse que numa fonte não jorra água doce e salgada. Posso até aparecer em programas seculares, mas firmando minha postura. O correto é fazer tudo para Deus”, reforça.

Em 2012 o cantor teve da parte do Senhor mais um livramento de morte, após um acidente, o qual o cantor afirmou na época, que se não fosse Deus estaria morto – um verdadeiro milagre.

Fonte: Inforgospel

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui