Coronavírus: Templos evangélicos são interditados em Porto Alegre
Quatro estabelecimentos religiosos já foram interditados na Capital | Foto: Alex Rocha/PMPA

As primeiras interdições foram feitas no último sábado. Ao todo, quatro templos foram interditados na capital do Rio Grande do Sul.

Após receber denúncia, a prefeitura de Porto Alegre (RS) interditou quatro templos por desrespeito à proibição de realizar de eventos religiosos. As primeiras interdições foram feitas no sábado (21), quando os fiscais interditaram o templo da Igreja Universal do Reino de Deus e o templo da Igreja Internacional da Graça de Deus.

Na manhã desta segunda-feira (23), a prefeitura interditou o templo Igreja Mundial do Poder de Deus, localizado na Voluntários da Pátria, e o Centro Cultural Força Jovem Universal, na Rua Comendador Manoel Pereira, que permaneciam abertos ao público, contrariando o Decreto 20.523, que determina o fechamento de espaços como igrejas, museus, bibliotecas, entre outras atividades, para evitar a propagação do coronavírus.

As ações foram realizadas no centro da Capital pelas equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE). As medidas visam evitar a aglomeração de pessoas e a disseminação do coronavírus entre a população.

Denúncias

A Diretoria de Fiscalização da SMDE recebeu denúncias de que as instituições realizaram cultos no domingo (22), mesmo com a proibição de eventos religiosos desde terça-feira (17).

No momento da interdição, jovens e funcionários foram identificados. “Recebemos denúncias e tivemos acessos a vídeos que comprovam que esses espaços desrespeitaram a determinação da Prefeitura. A população pode colaborar denunciando, mas o principal é que as instituições conscientizem e orientem seus fiéis a permanecer em casa e que suas portas fiquem fechadas”, destaca o diretor de Fiscalização, Denis Carvalho. A operação teve o apoio da Guarda Municipal.

“Estamos passando por dias difíceis. A compreensão de todos é essencial nesse momento delicado da história. Quanto mais rápido agirmos, mais rápido teremos nossas rotinas de volta”, ressalta o secretário municipal de Segurança, Rafael Oliveira.

Com informações de O Sul

Seara News 25 anos

Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui