Além da escassez de alimentos, o norte-coreano tem que abastecer primeiro os militares com sua pouca colheita | Foto: Portas Abertas

Norte-coreanos precisam de alimentos e medicamentos. Cerca de 200 soldados com sintomas do Coronavírus já morreram no país.

 A Coreia do Norte ainda não registrou nenhum caso de pessoas afetadas pelo COVID-19, embora, de acordo com um relatório, quase 200 soldados tenham morrido após mostrar sintomas semelhantes aos que sofrem com o Coronavírus. Enquanto isso, o país está intensificando suas medidas preventivas.

A Portas Abertas, uma organização internacional que ajuda cristãos perseguidos na Coreia do Norte e em outros países, teme que as vidas de muitos cidadãos norte-coreanos estejam em risco. “O sistema de saúde no país quase não existe”, diz um líder da equipe da Portas Abertas na Coreia do Norte.

Ele trabalha com refugiados norte-coreanos na China e, por motivos de segurança, não pode ter sua identidade revelada. “Os hospitais mal estão funcionando, há poucos médicos e há uma enorme escassez de medicamentos. As pessoas doentes compram medicamentos não rotulados no mercado negro de vendedores que não têm formação médica”.

Segundo o porta-voz, muitos norte-coreanos têm um sistema imunológico fraco. “A maioria das pessoas passou por períodos de desnutrição grave. Uma epidemia de vírus seria desastrosa para eles. Mesmo em países altamente desenvolvidos, o sistema de saúde está sob enorme pressão. A Coreia do Norte não tem meios para ajudar seus cidadãos se houver um surto grave”. Segundo um cristão secreto, toda família sofre com a escassez de alimentos. “Primeiro tivemos uma seca na primavera, depois fortes tempestades e chuvas durante o verão. Nosso país também tem que lidar com sanções internacionais. A colheita já estava ruim e agora os norte-coreanos precisam fornecer alimento para os militares primeiro. Não há comida suficiente para o inverno e para a primavera”.

A situação é tão grave que os cidadãos chamam a primavera de “estação da pobreza”. “Somos muito gratos por você não nos esquecer em suas orações”, dizem os líderes da igreja norte-coreana. “Dizemos que uma casa custa 800 peças de ouro, mas um bom vizinho vale mil peças de ouro. No entanto, o que vocês fazem por nós vale mais de 10.000 peças de ouro. Estamos muito agradecidos a Deus ter nos dado irmãos e irmãs no mundo todo!.

Você pode fazer a diferença

Seu apoio é incrivelmente importante para alimentar milhares de homens, mulheres e crianças e manter a Igreja norte-coreana viva. Suas orações podem ajudá-los a permanecer fortes diante de extrema perseguição e do novo aumento do risco de Coronavírus.

A Portas Abertas mantém permanentemente a campanha Ajuda Emergencial para a Coreia do Norte para cristãos perseguidos no país. Para saber mais sobre a Coreia do Norte, que também é o primeiro país da Lista Mundial da Perseguição desde 2002.


Seara News 25 anos

Ajude-nos a continuar a ser um aporte eficaz na comunicação cristã, apoiando o Seara News.
Acesse https://apoia.se/searanews
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui