Conversando com o pastor Isael Araújo

1
203

isael araujo

Assim que cheguei ao Pavilhão de Exposição de Brasília, local da AGO da Convenção Geral, encontrei o amigo e pastor Isael Araújo autor do 'Dicionário do Movimento Pentecostal' e do livro 'Cem Mulheres Que Fizeram Histórias nas Assembleias de Deus'. Primeira coisa que fiz foi parabenizar o reverendo por sua matéria investigativa sobre o caso Jotinha, que por sinal é ministro da convenção da qual também sou filiado, a CADEESO.

Por Robson Aguiar
para Seara News, diretamente do Pavilhão de Exposição de Brasília

Jotinha é um dos pioneiros da Assembleia de Deus no Brasil?

JotinhaJotinha diz ser judeu e autor de vários hinos da harpa cristã, além de ter sido segundo ele, contemporâneo de Daniel Berg e Gunar Vingren, e ter andado com os pioneiros. Jotinha tem um testemunho que deixaria o Apóstolo Paulo e o Apóstolo Pedro de queixo caído. Eliseu o Profeta, fez muitos milagres, segundo alguns teólogos ele teria feito duas vezes mais milagres do que Elias, também profeta, Mas, quando ouvimos o Jotinha, a impressão que temos é que os pseudos milagres que aconteceram na sua vida são espetaculares tanto quanto os dos profetas do poder Elias e Eliseu.

O fato, é que esse assunto já rendeu muitos comentários que questionaram a veracidade de suas estórias. Diante de tantos questionamentos, o pastor Isael resolveu pesquisar de forma minuciosa o assunto para trazer à luz a verdade dos acontecimentos. O resultado dessa investigação já está veiculado na internet, mas, resolvi perguntar pessoalmente ao pastor Isael se realmente a versão de Jotinha não é procedente, ao que me respondeu que está munido de vários documentos que contradiz o pastor José Rodrigues (Jotinha), que tentou inclusive conversar pessoalmente com ele, mas, não foi atendido.

Após exaustiva investigação o historiador Isael Araújo chegou a seguinte conclusão:

Conclui-se, então, que:

– José Rodrigues (Jotinha) é, na verdade, o senhor José Rodrigues Ferreira.

– José Rodrigues (Jotinha) não nasceu em Israel e nem é filho de judeus. Ele nasceu no Estado do Rio de Janeiro e seus pais são brasileiros.

– José Rodrigues (Jotinha) nasceu em 1935 e tem, portanto, 76 anos.

– José Rodrigues (Jotinha) não pode ter convivido com Gunnar Vingren, porque este morreu em 1933 na Suécia antes de Jotinha ter nascido. Com Daniel Berg, muitos irmãos antigos conviveram com ele porque este viveu no Brasil até 1962.

– José Rodrigues (Jotinha) não teve o tal encontro com a irmã Frida Vingren sobre o hino 126, embaixo de um pé de pitomba, porque Frida e Gunnar Vingren retornaram para a Suécia em 1932 (antes de Jotinha nascer) e nunca mais voltaram (Gunnar morreu em 1933 e Frida em 1940).

– José Rodrigues (Jotinha), diferentemente do que ele afirma, já foi casado e divorciou-se.

Obviamente, José Rodrigues (Jotinha) não poderia sequer ter menção nas comemorações do Centenário das Assembleias de Deus por apresentar uma história que já há algum tempo, pelos motivos expostos acima, tem-se evidenciado não ser verdadeira.

Leia na íntegra. http://www.portaljvd.com.br/isael-de-araujo-publica-jotinha-e-uma-farsa/

Leia também uma parte da entrevista dada pelo pastor Jotinha ao Portal Fiel.

Pr. Jotinha: Em 1911 eu, minha mãe e meu pai viemos para o Brasil, nós éramos refugiados. Desembarcamos no Rio grande do Sul, em uma cidade fronteira por nome Santa Maria da Boca dos Montes. Nós três ingressamos na Igreja Batista, com 4 anos de idade eu já pregava a palavra, aos cinco anos Jesus me chamou para o ministério, e aos 15 eu fui consagrado a pastor por Daniel Berg e Gunnar Vingren

Entrevista ao Portal Fiel: http://www.portalfiel.com.br/entrevista.php?id=9-entrevista-com-o-pastor-jotinha.html

Pelo que disse, com 4 anos de idade já pregava, e foi consagrado ao ministério aos 15 anos, pelos missionários Daniel e Gunnar. São estórias como essa que levou Isael ao trabalho de pesquisa nos tramites de Beréia. Bom, deu no que deu. Caiu a máscara.

Jotinha em uma de suas entrevistas afirmou que tem agenda cheia até 2015, não sei se depois desse episódio alguém terá coragem de levá-lo a sua igreja.

 

Frida Vingren foi ordenada Pastora?

frida_vingrenFrida Vingren não foi ordenada pastora. A informação foi dada pelo historiador, pastor e escritor Isael Araujo de Moraes, autor do livro Cem Mulheres que Fizeram história nas Assembleias de Deus.

Estávamos conversando sobre vários assuntos com o pastor Isael, quando me veio a mente a polêmica em volta do tema ordenação feminina. Sem querer trazer novamente o tema ao plenário virtual, sinto-me na obrigação de trazer a público o que colhi da maior autoridade no assunto, que é o pastor Isael.

Segundo o reverendo, a Frida costumava assumir o lugar do seu esposo em tempos em que não se tinha pastores preparados para o ofício, e como Gunnar viajava muito, ela ficava a frente da congregação, principalmente no uso da palavra, pois, Frida havia recebido fora do Brasil o título de bibliovina, uma tipo de reconhecimento de sua capacidade de docência. Então aquela estória que ela era pastora e abriu mão do pastorado aqui no Brasil não procede.

Resumindo, de fato a Frida exerceu o ofício de pastora, mas, legalmente não foi ordenada. isso, também acontece em nossos dias, mesmo tendo pastores preparados.

Em particular, não encontro dificuldades em aceitar isso, até recomendo aos obreiros, que se não estiverem preparados para trazer a mensagem a igreja, facultem a palavra a uma das irmãs, pois, o que não falta na igreja é irmãs preparadas para ministrar.

Ainda comentamos sobre a ordenação de Daniel Berg, onde não se encontra dados históricos de como se deu, quem o consagrou e onde foi, e ainda falamos sobre alguns pastores hodiernos a exemplo de Marco Feliciano que primeiro exerceu seu ministério para depois de dar frutos ter reconhecimento.

Continua…

1 COMENTÁRIO

  1. A máscara de fato caiu.
    Não se sabe de quem, se do Pr Jotinha ou do Pr. Isael de Araújo.
    Tudo que o Jotinha fala, fica só em suas palavras. Não tem prova alguma.
    Nada do que o Pr. Isael de Araújo fala justifica ser o Pr Jotinha um falsário.
    Não sei se o Pr. Isael de Araújo é algum acadêmico; me perdoe por não saber.
    Caso seja, está traindo seus princípios em afirmar coisas inafirmáveis (neologismo meu).
    Se não, é só mais um oportunista aproveitando um nicho para se promover ($$) às
    custas da dignidade dos outros.
    Seja onde for que a máscara tenha caído, é sempre lamentável tais coisas
    no meio do povo de Deus.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome