Chile: 16 Igrejas foram destruídas este ano
Manifestantes mascarados carregam uma cruz com estátua de Jesus, tirada de dentro de uma igreja, durante protesto contra reformas educacionais do governo em Santiago, no Chile. | Reuters |

Uma igreja católica foi incendiada no sul do Chile, segundo a polícia.

Atacantes desconhecidos incendiaram a igreja e destruíram duas torres de eletricidade de alta tensão, conforme relato da agência Associated Press.

A polícia disse que pelo menos 16 igrejas católicas e protestantes foram incendiadas até agora, neste ano na região de Ercilla, onde ativistas indígenas mapuches estão exigindo a recuperação de terras tradicionais que perderam para invasores espanhóis e os governos pós-coloniais.

Uma mensagem referindo-se a um movimento de resistência Mapuche teria sido deixada perto da igreja. Autoridades disseram que as linhas de energia foram cortadas com serras elétricas.

Em junho, uma igreja católica na capital chilena de Santiago foi saqueada por estudantes que protestavam contra o governo da presidente Michelle Bachelet.

Os manifestantes estudantis acusaram Bachelet de renegar uma série de promessas a respeito de reformas sociais e econômicas, especialmente uma revisão planejada na educação.

No final da marcha pelo centro de Santiago, manifestantes mascarados entraram na igreja e destruíram uma estátua de Jesus, com 3 metros de altura.

Um porta-voz da associação de estudantes CONFECH, Gabriel Iturra, disse que o ato foi inadequado e que tinha sido cometido por um grupo marginal com pouca compreensão dos princípios do movimento.

O ministro do Interior do Chile, Mario Fernandez condenou a destruição da estátua, dizendo: “O que acabamos de ver é um sintoma muito preocupante do que algumas pessoas estão começando a fazer para o nosso país”.

Violentos confrontos entre estudantes e policiais foram uma ocorrência regular durante o governo de centro-direita anterior de Sebastian Pinera, que foi presidente do Chile entre 2010 e 2014.

Com informações de Christian Today

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui