Cantores lamentaram a morte do patrono da música cristã no ES
Patrono da música cristã no Espírito Santo, Pastor Nascimento Leão dos Santos faleceu nesta quinta-feira (28). | Foto: Edição Seara News

“Foi a pessoa que acreditou e que investiu em mim sem saber se teria um retorno”, disse a cantora Lauriete.

O pastor Nascimento Leão, através do seu trabalho nas áreas da literatura evangélica e da música cristã, revelou talentos como a cantora capixaba Lauriete; e também reuniu no cast da gravadora mais cantores talentosos como Niltinho, Conceição, Silas Rodrigues, Luiz Novais, Adilson Gigante, Joab Costa, Roberto Carlos de Oliveira, Eliane Silva, Ninfa e Cálita, Equipe Obra de Amor, Daniel e Samuel, Sandrinha, entre outros.

Entretanto, há quase dez anos o pastor abandonou a vida empresarial devido à enfermidade que gerou dificuldade para continuar o seu trabalho. Infelizmente, no final da manhã desta quinta-feira (28) ecoou a triste notícia do falecimento do pastor Nascimento Leão, que pelo sua iniciativa chamamos de “patrono da música cristã no Espírito Santo”.

Conversamos com alguns cantores, entre eles Lauriete, Niltinho, Eliane Silva e Aloir Miranda. Este último destacou: “A música evangélica do Espírito Santo despede do seu patrono”.

Lauriete

A cantora e deputada federal Lauriete foi um talento “descoberto” pelo pastor Nascimento Leão. Saindo de uma audiência, em Brasília (DF), ela falou à nossa redação sobre a vida do pastor e a participação dele em sua carreira como cantora.

Lauriete lamentou a morte do patrono da música cristã no ES
Cantora Lauriete

“Na verdade, eu estou em Brasília, ainda, e como eu tinha uma audiência aqui, e fui surpreendida, sabendo, claro, dos problemas de saúde do pastor Nascimento Leão, mas estou muito, de coração partido, triste porque ele fez parte da história da minha vida, do meu ministério. Foi a pessoa que acreditou e que investiu em mim sem saber se teria um retorno. Mas, acreditou no chamado que eu tinha de Deus para minha vida, mesmo eu com pouca idade. Então, a ‘cantora Lauriete’ foi uma descoberta do pastor Nascimento Leão. Devo muito a ele; é claro que eu tinha um chamado de Deus e, Deus providencia tudo e tenho certeza que o nosso encontro foi uma providência de Deus. Sou muito grata ao pastor Nascimento Leão e à sua família, e a morte do pastor me entristeceu muito. E, estando em Brasília, não vou conseguir chegar pelo menos para o sepultamento, isso me deixou muito abalada, ele fez parte da minha história e eu jamais vou esquecer isso. Sabendo do propósito de Deus, sabendo também do nosso futuro, que muito em breve nós, como cristãos, acreditamos que um dia vamos nos encontrar na eternidade, mas é uma perda. Uma perda irreparável”, comentou a cantora.

Eliane Silva

Eliane Silva lamentou a morte do patrono da música cristã no ES
Cantora Eliane Silva

A cantora Eliane Silva (MG), que começou sua carreira no início de 1990, possui uma longa discografia.

“E com muito pesar que deixo aqui minhas considerações a família nascimento leão, só o amigo Espirito Santo para confortá-los.
Fiz parte do cast da gravadora Belém por 13 anos, pastor nascimento foi um pai para mim, através da Belém meu ministério foi conhecido neste Brasil, serei eternamente grata ele investiu em mim e em tantos outros, com certeza cada vida que levamos a cristo ele também recebera galardão.
Foi um grande exemplo de pastor pai de família, de um coração Enorme, generoso, deixará muitas saudades, combateu um bom combate! Até breve!”

Niltinho

O cantor Niltinho, o primeiro cantor evangélico capixaba a gravar, lembra que o começo não pode esquecer.

Niltinho lamentou a morte do patrono da música cristã no ES
Pastor e cantor Niltinho

“O pastor Nascimento Leão representou pra mim muita coisa, e agora ‘in memoriam’ vai continuar representando ainda. Eu fui o primeiro cantor evangélico capixaba a gravar, embora não tenha sido com ele, foi em outra gravadora em Belo Horizonte (MG). Mas, logo que ele abriu a gravadora em Vitória (ES), o pastor Nascimento Leão adquiriu a matriz, produziu e em seguida assinei contrato com a gravadora dele. Então, junto com outros cantores, fui um dos primeiros a gravar. Meu contrato foi de cinco LP’s, gravando ano a ano ou a cada dois anos. Eu fiquei por cerca dez anos, e cheguei a trabalhar com ele, não oficialmente, mas ele confiava na gente. Empreendemos alguns trabalhos que vou guardar na lembrança. O início foi na Belém e não posso esquecer. O pastor Nascimento, em relação à música ele representou para mim, tudo. Na vida pessoal um grande amigo, um grande companheiro, grande pastor que jamais vou esquecer, não só como empreendedor, mas, também, como amigo. O pastor deixa um grande legado, e eu sou eternamente grato. Me sinto muito feliz por ele ter feito parte da minha vida, e tenho certeza que ele, em vida, falaria também que fiz parte da vida dele”.

Aloir Miranda

Aloir Miranda lembrou que além de ter gravado, também trabalhou na empresa do pastor Nascimento Leão.

Aloir Miranda lamentou a morte do patrono da música cristã no ES
Pastor e cantor Aloir Miranda

“Meu amado pastor Nascimento Leão agora dorme no Senhor. Tive o privilégio de gravar alguns LPs pela Gravadora Belém.
Trabalhei mais de quinze anos na Belém, apresentei o Programa Musical Belém e outros programas sob patrocínio da Gravadora Belém, além de muitas viagens montando stands da Belém em várias Convenções, com a confiança e apoio incondicional desse grande servo do Senhor.
Será sempre lembrando pelo seu bom coração e pelo legado deixado.
A música evangélica do Espírito Santo despede do seu patrono pastor Nascimento Leão.
Que Deus conforte a família e amigos”
.

 


DEIXE UM COMENTÁRIO
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”
.
Seara News 25 anos

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui