Caio Fábio defende Porta dos Fundos e nos compara a fundamentalistas

6
128

Caio FábioPor Robson Aguiar

O pastor Caio Fábio vem se superando a cada dia. Na ânsia de trazer para ele os holofotes perdidos no seu passado, ele, opta por usar a polêmica envolvendo a trupe do humor ofensivo denominado de “porta dos fundos” (cujo termo faz referência aquilo que saí por trás, e nisso eles acertaram), e o Dep. Marco Feliciano.

O tema da polêmica tem a ver com o vídeo lançado pelos garotos ateus no tal canal, e que ridiculariza a fé de católicos e protestantes em Jesus Cristo. Apesar de ressaltar o fanatismo de alguns, usam a genitália de uma mulher e comparam com Jesus. Se Rafinha Bastos ofendeu a cantora Wanessa Camargo e seu esposo, além de chocar quem lhe dava audiência com uma péssima piada em que dizia que a Wanessa era tão bonita grávida que pegaria ela e a sua criança, causando com isso sua justa demissão da Rede Bandeirantes, que dirá esse Fábio Porchart que gratuitamente a procura de dinheiro e fama, junto com o seu grupinho está fazendo deboche e escarnecendo da fé de toda uma Nação. Nação essa, que tem por um de seus símbolos de maior notoriedade turística o Cristo Redentor, que em quase sua totalidade é um país cristão.

Bem, meus amigos, ai vem o Caio polêmica defender esses cidadãos, inclusive comparando os cristãos que estão indignados e usando seus direitos legítimos de cidadão para repudiar os que não só renegam a Cristo, mas, zomba, escarnece e ridiculariza o Senhor, com o jihad, e para isso, ele cita a história de forma descontextualizada misturando a inquisição católica e reforma protestante para ver se consegue fundamentar sua estranha defesa dos perseguidores do evangelho.

Paciência, seu Fábio, Nós não andamos armados, nós não incitamos ódio, nós não promovemos brigas, isso está mais para o seu perfil, que há muito vem deixando a desejar em suas discussões e acusações a vários de seus desafetos. O que estamos fazendo está no âmbito da lei, da constituição, do código penal, em seu art. 208. Somos cidadãos, e temos o direito de protestar, aliás, nós temos tradição em protesto, e não ficaremos calados diante das injustiças e agressões que nos sobrevirem, mas, nunca por meio da violência, isso quem ta fazendo são os grupos que se dizem minorias, mas, que invadem lugares de cultos, blasfemam contra Deus, fazem gestos obscenos, quebram e profanam objetos de cultos e verbalizam palavras de escalão contra os contrários. Meu querido, você tá na contramão do céu. Volta ao primeiro amor rapaz.

Nossa arma contra aqueles que nos perseguem é o boicote, e a justiça, nós não vamos para as vias de fato, não estamos querendo tomar o lugar do Estado em nada, não queremos impor nada, estamos invocando a Lei de nosso País contra um crime previsto no código penal, e que não foi um crente ou pastor que criou tal lei.

Portanto, nos comparar a grupos rotulados como fundamentalistas como está fazendo pastor Caio, é trabalhar para o gerente do inferno, que já tem a função de nos desqualificar, nos chamando de atrasados e ignorantes como faz o representante dos gays nesse país, e nos levar para os modernos coliseus físicos e filosóficos que existem nessa sociedade.

Ainda quero acrescentar que embora não concorde com algumas coisas que prega o Pr. Marco Feliciano, dizer que ele está querendo desviar a atenção do povo é uma piada. Se Marco não convence como pastor, como Deputado eu não hesitaria em votar nele, pois é o único que vejo encarar de frente as questões sociais que envolvem a igreja, quem ta querendo a atenção é o nobre reverendo Caio Fábio, que ta pegando carona no Porta dos Fundos cujo o líder é declaradamente ateu.

Rev. Caio Fábio, temos saudades de suas antigas prédicas, de seus consistentes comentários em revistas e livros, oramos por ti, volta ao primeiro amor meu filho.

Robson Aguiar

Assista o vídeo:

6 COMENTÁRIOS

  1. Esse sujeito a muito está desviado do evangélho. Além de não ser considerado digno de ser chamado pastor, titulo e oficil que ele perdeu a muito tempo, desde sua excomunhão da IPB, ele também não pode ser considerado como protestante (ou evangélico como queiram), pois nota-se além de seu despreso com a causa evangélica, uma vida e palvras de um apostata da fé cristã e como vemos na Palavra de Deus, coisa que O sr. Caio Fábio tem negago explicitamente, Ás Escrituras demonstram que o apostata não é digno nem de saudação: Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras. Se é foco e olofótes que este homem quer, deixemos que satanás que é o deus dele assim o faça e não nóis.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome