Boko Haram mata ao menos 5 cristãos durante ataque em Camarões
Cristãos convivem com medo de ataques de grupos extremistas, como o Boko Haram em Camarões. | Foto : Reprodução

Da noite do primeiro dia do mês de agosto, até o dia seguinte, integrantes do Boko Haram atacaram a cidade de Nguetchewe, em Camarões e mataram várias pessoas através de ataques com homens-bomba. Segundo a mídia local, pelo menos 5 cristãos foram mortos durante o ataque.

No total 18 pessoas morreram durante a ação, mas fontes na região acreditam que o número de vítimas chegue a 28, já que dois atentados suicidas aconteceram no mesmo período.Um líder cristão falou com os colaboradores da Portas Abertas pelo telefone e contou como tudo aconteceu. Ele estava em casa quando ouviu tiros e percebeu que as pessoas começaram a correr.

Testemunhas

Algumas mulheres e crianças se esconderam onde o milho é batido. Mas uma moça falou que estava com dor de estômago e conseguiu entrar no local, então ela se detonou e matou outras pessoas. “É possível que outro homem-bomba tenha atacado mais moradores”, testemunha.

- Publicidade -

De acordo com outro líder de igreja na cidade, ao menos cinco vítimas fatais eram cristãs. Mas esse número pode aumentar se alguns dos 10 feridos morrerem e outros desaparecidos forem encontrados mortos. Os sobreviventes do ataque foram levados para os hospitais de Koza e Maroua.

A opressão islâmica contra os cristãos colocou Camarões em 48º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2020. Um dos intentos de grupos extremistas como Boko Haram é eliminar os seguidores de Jesus da região. Ali pretendem estabelecer um Estado islâmico, onde as leis muçulmanas restritas ordenariam o comportamento de todos.

Pedidos de oração à igreja brasileira

A igreja de Camarões, pede oração ao Deus poderoso para interceda pelo fortalecimento e consolo das pessoas que perderam os entes queridos durante os ataques extremistas. Ore também, pelos líderes e cristãos, para que tenham sabedoria e amor para compartilhar a mensagem de Cristo neste período delicado em que enfrentamos nessa pandemia. Clamem ao Deus de Israel para que as autoridades locais recebam discernimento e estratégias para conter as ações dos pastores Jihadistas que atuam como perseguidores e matadores sob o codinome de Boko Haram.


DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”