Benjamin Netanyahu quer enviar Bíblia à Lua

0
Benjamin Netanyahu quer enviar Bíblia à Lua
O Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu, à direita, fala ao vencedor do Quiz Bíblico Internacional para a Juventude de Jerusalém, Yonatan Weisman, à esquerda, no Dia da Independência de Israel, 9 de maio de 2019. (Foto: Kobi Gideon / GPO)

Citando o livro sagrado como a fonte da “iniciativa, determinação e ousadia” de Israel, Netanyahu promete continuar com uma segunda missão lunar

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu pediu, nesta quinta-feira (9), que uma Bíblia impressa seja levada à Lua pela próxima nave israelense a fazer a jornada, e creditou o texto fundamental do judaísmo para os “ousados” e “espirituais” israelenses demonstrarem na tentativa.

Falando no Quiz Bíblico Internacional para a Juventude, que acontece todos os anos no Dia da Independência, o primeiro-ministro prometeu enviar uma segunda espaçonave após a primeira, apelidada de “Beresheet” (Gênesis), que colidiu com a superfície lunar em 11 de abril devido a complicações resultante de uma falha no giroscópio.

“No mês passado, sentimos uma tremenda excitação: a espaçonave Beresheet estava a uma mão de distância da mão da lua”, disse Netanyahu em seu discurso no evento Bible Quiz, em Jerusalém.

Observando que o Lander carregava uma cópia digital da Bíblia, ele anunciou: “Isso não é suficiente…. Vamos enviar a espaçonave novamente, e é muito provável que ela esteja carregando uma pequena Bíblia [impressa]. Eu quero que a Bíblia aterrisse na lua, porque está escrito em Salmos 8.4: ‘Quando vejo os teus céus, a obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste’. O Estado de Israel vai chegar à Lua”.

“Israel era, de longe, a menor nação que pretendia pousar uma espaçonave na Lua”, observou o primeiro-ministro.

“Poucas nações orbitaram a lua e alcançaram a lua, e até agora apenas três superpotências desembarcaram, e queremos ser a quarta nação a fazê-lo. Afinal, as outras nações eram um pouco maiores que nós – os Estados Unidos, a China, a Rússia – e há uma boa chance de que dentro de dois ou três anos seremos a quarta potência!”

“Como fazemos isso?” – Ele perguntou retoricamente.

“Nós fazemos isso por iniciativa, determinação e ousadia – dados a nós pelo nosso espírito. E nosso espírito vem da Bíblia. Isso não é só palavras. Esse espírito vem da Bíblia, porque não há sentido para a enorme jornada que fizemos para retornar à nossa terra, ao nosso local de nascimento, se não tivéssemos levado conosco nossa fé, nossa tradição e nosso anseio pela pátria”.

Leia também: Israel homenageia os heróis e mártires no Dia do Memorial do Holocausto

Beresheet

O esforço de Beresheet foi proeminente nas celebrações do 71º Dia da Independência em Israel. Na noite de quarta-feira, Morris Kahn, presidente da SpaceIL, organização sem fins lucrativos que lançou e liderou a iniciativa, foi agraciada com uma das maiores honras civis de Israel – a iluminação de uma tocha na cerimônia do Dia da Independência em Jerusalém.

Benjamin Netanyahu quer enviar Bíblia à Lua
Beresheet em exibição antes de seu lançamento, 17 de dezembro de 2018. (Foto:Ariel Schalit / AP)

Kahn aproveitou a oportunidade para anunciar que voltará a contribuir com fundos para uma segunda tentativa de pousar uma espaçonave israelense na Lua.

Um filantropo bilionário sul-africano-israelense, Kahn contribuiu com cerca de US $ 30 milhões do custo total de US $ 100 milhões (NIS 370 milhões) do primeiro Lander à Lua – uma nova abordagem que veio em uma fração do custo dos esforços anteriores financiados pelo Estado.

O projeto era um empreendimento conjunto entre a SpaceIL e a Israel Aerospace Industries, financiada quase inteiramente por doações privadas de conhecidos filantropos judeus, incluindo Kahn, Miriam e Sheldon Adelson, Lynn Schusterman e outros.

Kahn já havia anunciado, poucos dias após o acidente, que estava lançando o projeto Beresheet 2, dizendo: “Começamos algo e precisamos terminá-lo. Vamos colocar nossa bandeira na lua”.

Após esse anúncio, a Israel Aerospace Industries, que fez parceria com a Beresheet, disse que participaria com prazer dos futuros empreendimentos da SpaceIL.

Com informações do Times Of The Israel
_____________________________________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome