Assembleia Legislativa confirma morte do deputado Glauber Coelho em Cachoeiro

0
42

Glauber Coelho sofreu um acidente automobilístico no dia 10 deste mês. Natural de Cachoeiro, foi eleito deputado estadual em 2010, com 23.040 votos.

Assembleia Legislativa confirma morte do deputado Glauber Coelho em Cachoeiro - 1

A Assembleia Legislativa do Espírito Santo confirmou, através de nota em seu site oficial, o falecimento, na manhã desta quarta-feira (20), do deputado estadual Glauber Coelho (PSB), aos 40 anos. Ele estava internado desde o dia 10 de agosto, vítima de um acidente automobilístico na localidade de Pacotuba, zona rural de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado. O deputado estava em seu primeiro mandato parlamentar e era candidato à reeleição. O anúncio foi feito pelo deputado Theodorico Ferraço (DEM), durante a sessão ordinária.

Glauber Coelho sofreu um acidente automobilístico na tarde de domingo (10) na ES 482, entre os municípios de Cachoeiro de Itapemirim e Alegre, na altura do distrito de Pacotuba. Três veículos se envolveram no acidente, resultando em sete feridos. O deputado foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Unimed, em Cachoeiro, onde recebeu os primeiros-socorros. Glauber realizou uma neurocirurgia de urgência para tratamento de um hematoma subdural agudo e, posteriormente, foi transferido para o Hospital Evangélico de Cachoeiro, onde estava internado no CTI Geral.

O deputado Glauber Coelho era membro do PSB, mesmo partido do ex-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, que morreu em um acidente aéreo, na última quarta-feira (13).

Na última terça-feira (19), a esposa de Glauber, Fernanda Aguillar Coelho, publicou uma mensagem na rede social Facebook, na qual agradecia ao apoio de familiares e amigos, e disse que as coisas melhoravam devagar: "Agradecemos o carinho de todos e pedimos que continuem orando, pois confiamos no Deus que é médico dos médicos".

Flávia também postou uma foto na qual está ao lado da filha e do marido.

Assembleia Legislativa confirma morte do deputado Glauber Coelho em Cachoeiro - 2

Veja a mensagem na íntegra:

"O Senhor tem cuidado de tudo e tem nos dado a cada dia um sinalzinho de que as coisas devagarzinho estão melhorando. Nós, enquanto família, agradecemos a Deus e comemoramos todos eles, pois fazem parte do caminho que temos que seguir até tê-lo de volta em casa! Agradecemos o carinho de todos e pedimos que continuem orando pois confiamos no Deus que é médico dos médicos!!! #forçaGlauber
Vida e misericórdia me concedeste; e o teu cuidado guardou o meu espírito (Jó10:12)."

Atuação pública

Glauber Coelho foi eleito deputado estadual em 2010, com 23.040 votos. Em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa, era o 2º vice-presidente da Mesa Diretora, membro efetivo das comissões de Saúde, Agricultura e Meio Ambiente e vice-presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Educação no Campo. Na Assembleia, também assumiu a 2ª Secretaria da Mesa Diretora, presidiu a Frente Parlamentar Saúde para Todos, que percorreu o Estado para avaliar as dificuldades enfrentadas pelos pacientes e gestores dos hospitais e postos de saúde, e foi membro da CPI da Telefonia.

O parlamentar se dedicou a projetos de impacto social, como a lei que regulamenta o descarte de lixo tecnológico no Estado e a obrigatoriedade do uso de pulseiras de identificação em pacientes das redes privada e filantrópica.

Além disso, atuou em várias frentes propondo ações em áreas como saúde, educação, segurança, saneamento básico, habitação, agricultura e meio ambiente. Com atuação destacada no sul do Estado, Glauber Coelho realizou importantes parcerias como a feita com a Defensoria Pública Estadual, que teve como objetivo levar atendimento gratuito nas mais diversas áreas do Direito para a população da região do Caparaó, no sul do Estado. 

Perfil

Glauber da Silva Coelho, 40 anos, nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, filho de José Affonso Coelho e Vilma da Silva Coelho; era casado com Fernanda Aguilar Coelho e tinha uma filha de dois anos e três meses. Evangélico, era membro da Primeira Igreja Presbiteriana de Cachoeiro de Itapemirim.

Formado em Direito, Glauber Coelho era pós-graduado em Gestão Pública e foi por três vezes vereador em Cachoeiro de Itapemirim. Dos seus 40 anos, 15 foram dedicados à política. Em 2000, foi eleito com 1.252 votos; em 2004, com 2.011 votos; e em 2008, com 4.060. Além de vereador, foi secretário municipal de cinco pastas em Cachoeiro: Saúde; Criança, Adolescente e Juventude; Agricultura; Defesa Civil e Meio Ambiente.

Fonte: Folha Vitória

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome