A Assembleia de Deus e a Política

5
347

A Assembleia de Deus e a Política

No dia 16 de novembro do ano passado o governador de Pernambuco, Eduardo Campos ladeado pelos pastores Ailton José Alves e Ailton Júnior, que presidem as Assembleias de Deus em Pernambuco, e também do deputado estadual Adalto Santos e do deputado federal Francisco Eurico da Silva, visitaram o Presidente do Ministério do Belenzinho, da CONFRADESP e da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, pastor José Wellington da Costa em São Paulo.

Para receber os políticos e os pastores pernambucanos, José Wellington convidou sua filha, vereadora Marta Rocha e seu filho deputado federal pastor Paulo Freire.

Todos nós sabemos que o governador Eduardo é também um pretenso candidato ao Palácio da Alvorada, e que vem fazendo amarrações políticas para que possa ser o futuro presidente do Brasil, então, subtendemos que a visita ao líder nacional das Assembleias de Deus não foi por saudades do amigo, e sim, para estreitar os laços e quem sabe firmar apoio com Wellington.

Silas Malafaia, o pastor midiático mais famoso das Assembleias de Deus já vem demonstrando apoio a candidatura de Campos, inclusive, chegou a festejar a aliança entre Marina Silva e o presidente do PSB.

A Assembleia de Deus e a Política

Não sabemos o que vai acontecer a nível nacional daqui pra frente, mas, a impressão que temos é que em Pernambuco pastor Ailton já está manifestando apoio explicito ao neto de Arraes e a julgar pelas imagens vai caminhar com ele por muitos estados, principalmente os do nordeste onde o presidente da CONADEPE tem muitos laços de amizade entre líderes de convenções.

Apesar de no passado os líderes assembleanos apregoarem uma postura apolítica, no presente, vemos cada vez mais a participação dos atuais líderes no cenário político, se é bom ou ruim cabe a cada um analisar, em particular, sou a favor, mas já vi um pastor renomado escrever um texto substancial condenando a união de política e pastores, falava que Deus não precisava de político para ajudar a igreja.

Enquanto isso, nós ficaremos nos bastidores acompanhando as notícias e nos posicionando quando convier.

Robson Aguiar, pr.

5 COMENTÁRIOS

  1. Caro amigo e pastor Robson Aguiar,

    Parabéns pelo excelente texto. Muito embora não se tenha informações oficiais a respeito da reunião citada pelo amado, entre o atual Governador de Pernambuco e a liderança assembleiana, sabe-se extra-oficialmente, que naquela ocasião,ainda não havia amarrações para o próximo pleito, mas o pedido de uma ação do líder maior assembleiano, junto a bancada evangélica na Câmara dos Deputados, no sentido de favorecer a interesses do governador, e ao que parece aconteceu e deu certo.
    Por outro lado, quanto a questão da associação da Igreja com política, entendo que, a Igreja na condição de corpo de Cristo na terra jamais precisará da política, agora, na condição de instituição civilmente organizada na sociedade, esta sim, precisa estar devidamente representada para atender as necessidades cotidianas, assim como qualquer seguimento da sociedade.
    A meu ver, a questão incide apenas, na maneira como fazemos política, afinal de contas, na condição de discípulos de Cristo, precisamos manter a mesma integridade e caráter que se requer de um verdadeiro discípulo, até mesmo na política.
    Oremos e aguardemos!

    Carlos Roberto, pr.

  2. Isto é uma falta de respeito a Deus.Usara igreja para fazer politica. Jesus nos ensina que conhecemos as arvores pelos seus frutos. Precisamos cada dia estar orando e vigiando porque estamos nos utimos dias. Vemos que o inimigo tem entrado dentro das igrejas; esta cada dia se comprindo a Palavra de Deus, o joiu no meio do tigro. Nós bem sabemos que a Igreja de Deus é um lugar santo, não para colocar pessoas para fazer politica.

  3. Minha opinião é que, melhor é apoiar candidatos que tenha ligação com a igreja de DEUS, que tenha o temor de DEUS, para que fiquem mais difíceis as aprovações das leis que tragam apoio ao aborto, aos folhetos de homossexualidades nas escolas onde incentivem as crianças a serem homossexuais, dentre outras coisas que estão por vir, pelo fato do anti-cristo por exemplo. APOIO COM CERTEZA AO SENHOR PASTOR AILTON, HOMEM DE DEUS QUE SABE O QUE FAZ.

  4. E agora meu caro???????? Jesus ja deu sua profecia, falando para as pessoas nao confiarem no HOMEM e sim em deus!!!! acordem!!! idolatria é pecado, e o salario do pecado é a MORTE.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome