Apple volta a ser a empresa mais valiosa do mundo

Empresa supera novamente a rival Microsoft e abre a dianteira em relação ao ano passado. Amazon e Google disputam a terceira posição.

Em novembro do ano passado a Microsoft tirou da Apple o título de empresa mais valiosa do mundo. Na época, a gigante de Redmond tinha um valor de mercado de US$ 812 bilhões, contra US$ 811 bilhões da empresa de Cupertino. Obviamente, uma diferença tão apertada significa que o ranking flutua ao sabor do mercado de ações, com empresas trocando posições quase que diariamente.

Recentemente a Apple recuperou a posição, e parece estar abrindo uma dianteira. A primeira coisa digna de nota é como ambas se valorizaram em 12 meses, com o valor de mercado crescendo em mais de US$ 280 trilhões. Hoje, a Apple vale ‘apenas’ US$ 1,098 trilhão, enquanto a Microsoft está avaliada em US$ 1,078 trilhão. Uma diferença de US$ 20 bilhões.

Mas a briga mais acirrada é pela terceira posição, entre Amazon e Google. A empresa de Jeff Bezos está avaliada em US$ 874 bihões, enquanto o Google vem na quarta posição com ‘meros’ US$ 872 bilhões.

Recentemente a Apple conquistou também o título de marca mais valiosa do mundo, avaliada em 234,241 bilhões. Atrás dela vem Google, Amazon e Microsoft. A primeira empresa não ligada a tecnologia a aparecer no ranking é a Coca-Cola, na quinta-posição e avaliada em US$ 63,3 bilhões.

As 10 marcas mais valiosas do mundo

Mais uma vez, a Apple aparece no topo da lista das marcas mais valiosas do mundo. Esse já é o sétimo ano seguido que a empresa lidera o ranking “Marcas Globais Mais Valiosas”, da consultoria Interbrand. O Google, na segunda posição, e a Amazon, em terceiro, completam o pódio. As três empresas de tecnologia também apareceram no topo da lista do ano passado, essa já é a vigésima edição do ranking.

O ranking é feito a partir de estudos que analisam o desempenho financeiro dos produtos ou serviços da marca, o papel que ela desempenha nas decisões de compra e sua força competitiva.

  1. Apple – US$ 234,241 bilhões
  2. Google – US$ 167,713 bilhões
  3. Amazon – US$ 125,263 bilhões
  4. Microsoft – US$ 108,847 bilhões
  5. Coca-Cola – US$ 63,365 bilhões
  6. Samsung – US$ 61,098 bilhões
  7. Toyota – US$ 56,246 bilhões
  8. Mercedes-Benz – US$ 50,832 bilhões
  9. McDonald’s – US$ 45,362 bilhões
  10. Disney – US$ 44,352 bilhões

Entre as 100 primeiras, destaque para Uber, 87ª posição, e LinkedIn, 98º lugar, que estreiam no ranking.

Fonte: Olhar Digital
________________________
DEIXE UM COMENTÁRIO ____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui