Previsto para estrear na Páscoa de 2015, a série ‘A.D.’ terá ator argentino no papel principal.

Anunciada nova produção sobre Jesus Cristo para dar sequência à série A Bíblia

O ator argentino Juan Pablo di Pace, foi escalado para o papel de Jesus Cristo em “A.D.” (ainda sem tradução para o Brasil), minissérie em doze partes, que será a sequência do sucesso A Bíblia (The Bible, em inglês), produzida por Roma Downey e Mark Burnett. A estreia dessa nova série está definida para o domingo de Páscoa, 5 de abril de 2015.

“O cristianismo está entre os movimentos mais diversificados da história, por isso, quando Mark e eu, pensamos em trazer a história épica de “A.D.” para a TV, percebemos que seria importante para nós encontrarmos um elenco tão belo e variado, como é a igreja em todo o mundo”, afirmou Downey sobre o elenco, de acordo com o site Deadline.com.

Aos 35 anos, Di Pace foi escolhido para representar o papel de Cristo, vindo de trabalhos em outros seriados de língua inglesa.

Ele falou de sua emoção ao ser escalado pelos produtores, através de uma mensagem no Twitter, destacando que está “acanhado e feliz por estar interpretando Ele”.

Sua biografia no site IMDB mostra que ele viveu na Espanha, Itália e Inglaterra, e fez várias aparições na televisão britânica.

O ator também estrelou uma versão espanhola de Os Embalos de Sábado à Noite. Já em 2012, ele escreveu e produziu Primer Acto, um show solo que lhe rendeu uma série de prêmios na Espanha.

O seriado “A.D.” vai narrar a vida dos seguidores de Jesus após a ressurreição, com uma especial ênfase no papel de Maria Madalena, interpretada pela atriz sino-africana Chipo Chung, descrita como “a espinha dorsal do grupo”, que “trabalha incansavelmente para manter o movimento prosseguindo em meio a todos os desafios”.

A minissérie A Bíblia, estrelada pelo ator português Diogo Morgado como Jesus, quebrou vários recordes de TV, com mais de 100 milhões de espectadores durante a sua exibição. Em abril de 2013, tornou-se a minissérie em DVD mais vendida de todos os tempos na primeira semana de seu lançamento, com uma venda aproximada de 525 mil cópias.

“Nós nos sentimos incrivelmente abençoados por termos sido capazes de trazer esta história de amor surpreendente para a tela”, Burnett e Downey disseram anteriormente sobre o sucesso da série.

“É a nossa esperança que as pessoas em todos os lugares vão continuar a ser tocadas pela mensagem da Bíblia e desfrutar dessas histórias em casa, com suas famílias, nos próximos anos. Isso é apenas o começo”, concluiu.

Fonte: The Christian Post

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui