Ano Novo, esperança de uma vida melhor?

0
85

O ano novo, infelizmente, não acaba com a injustiça praticada debaixo do sol.

Ano Novo, esperança de uma vida melhor?"…Olhar para a vida como ela realmente é…"

Valério Proença

Parece que a mística do ano novo parte de corações que colocam toda a sua esperança nesta vida. “Tudo o que eles querem é que suas vidas deem certo e que nada de ruim aconteça. Se suas contas bancárias engordarem, se a saúde do corpo for uma realidade e o amor acontecer, o que mais se pode querer desta vida?  Pensar em algo novo e melhor, faz um bem a alto-estima de qualquer um. Por algumas horas é possível imaginar que tudo vai melhorar. É como diz o cancioneiro popular: “Sonhar não custa nada”.

Ninguém quer olhar para a vida como ela realmente é. Por isso considerar o que disse Salomão, é uma maneira segura de viver cada ano priorizando o que é melhor, e estar preparado para lidar com as circunstâncias adversas da vida.

Há dias que tudo parece dar certo, mas há dias que tudo acontece ao contrário do desejado. A questão é como vou lidar, tanto com um, como com o outro. Salomão disse: “Alegra-te no dia da prosperidade, mas no dia da adversidade considera…” (Ec 7.14). Sabe por quê? “Deus fez tanto um como o outro”. Há um Deus!

Há outra questão importante. Nem sempre vence o melhor. Todos, indistintamente, “… dependem do tempo e do acaso” (Ec 9.11). Um simples desejar não fará do ano de ninguém um ano melhor. Então, o melhor a fazer, mais do que ficar na expectativa de um “ano novo” melhor é: “Tudo quanto te vier às mãos para fazer, faze-o com todas as tuas forças, porque na sepultura, para onde vais, não há trabalho, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria” (Ec 9.10).

Antes de achar que “pensar positivamente” é uma boa alternativa, considere que há um Deus Criador, Soberano e que faz prevalecer seus planos e propósitos. “Tudo tem uma ocasião certa, e há um tempo certo para todo o propósito debaixo do céu” (Ec 3.1 – leia todo o capítulo).

O ano novo, infelizmente, não acaba com a injustiça praticada debaixo do sol (Ec 4.1). O ano novo não acaba com a ganância que leva a pessoa a trabalhar e não ter tempo de desfrutar do resultado do seu trabalho (Ec 4.8). O ano novo não tem o poder de levar pessoas a uma vida de dependência e obediência a Deus. O ano novo não muda a vida de ninguém, apenas é mais uma oportunidade dada pelo Criador às suas criaturas, para que se lembrem dEle. “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os dias difíceis e cheguem os anos em que dirás: não tenho prazer neles” (Ec 12.1). Haverá sempre esperança para os que se lembram do Senhor e confiam suas vidas a Ele. Que Deus nos ajude a permanecer firme neste novo ano e nos próximos que Ele, por sua graça e misericórdia, conceder. Vivamos para a glória e louvor dEle.

Pr. Valério Proença

____________________
Obs.: É permitido a cópia para republicações, desde que cite o autor e as respectivas fontes principais e intermediárias, inclusive o Seara News informando o link www.searanews.com.br. Mais informações em nossa página: “Jurídico”.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome