Ajudar com amor incondicional e não hipócrita
Foto: Reprodução/Internet

Deixa eu falar, só um pouquinho, mas vou falar.

No ato de ajudar; quero dizer que, através da linguagem corporal, falada e escrita, seja por questões monetárias ou alimentícia, mostramos quem somos e o que viemos fazer neste mundo. Existe aquilo que se chama “segundas intenções”, e por causa disso, muitos estão se enganando que ajudam, mas na verdade fingem.

Ajude sim, mas seja motivado por um amor incondicional e não hipócrita. Essa realidade nos é ensinado na Bíblia, quando o Mestre do amor, Jesus diz: “Ame a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo” (Marcos 12.30,31).

Isso bem falado, dá até gosto, mas quando é vivido, vê-se uma constante luta. Porque atualmente, escolhemos a quem amamos, do jeito que escolhemos amar. Está custoso, porque até mesmo para doar, já não é de graça, é por mérito. Entende-se que existe qualificações profissionais e estudantis, por aí vai, mas a graça tem que enriquecer as qualificações adquiridas. Haja amor gente.

Para estudar, trabalhar, fazer algo do bem na sociedade, você tem que merecer? Acredite, isso cria frustração. Aos poucos criamos uma sociedade com linguagem reativa do tipo: Isto sempre acontece comigo; ninguém me respeita; sempre fiz assim e deu certo; ninguém me aceita como eu sou; não posso fazer isso… etc.

Já não temos gente responsável até no amor; não temos pessoas com linguagem para ajudar necessitados. Digo necessitados, porque até mesmo os ricos necessitam de amor.

Se for para ajudar, não pode ser por aplausos, deve ser por amor incondicional.

Vou poupar as palavras terminando por aqui.

Cristo ricamente abençoe a todos.

DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui