Aécio também vence em 14 seções eleitorais de Gunma no Japão

0
57

Apesar da chuva, 73,5% dos 5.383 eleitores registrados na província compareceram em Oizumi para votar

Aécio também vence em 14 seções eleitorais de Gunma no Japão
Apesar da chuva intensa, eleitores não deixaram de comparecer às urnas em Gunma – Foto: Thassia Ohphata / Alternativa

Oizumi – Apesar da chuva que caiu durante todo o dia, 73,5% dos 5.383 eleitores registrados em Gunma compareceram às 14 seções instaladas em Oizumi neste domingo. Na jurisdição do Consulado-Geral do Brasil em Tóquio, a província é a segunda no número de votantes.

A apuração das urnas nas 14 seções mostrou que Aécio Neves (PSDB) obteve 2.069 votos; Marina Silva (PSB) conseguiu 822 votos e Dilma Rousseff (PT) ganhou 382 votos, entre os três principais candidatos. Os números não são oficiais, mas ficaram à disposição da imprensa para divulgação.

As filas no Bunkamura, local onde foram realizadas as votações, começaram cedo por volta das 4h. “Já era o esperado. Houve uma concentração de eleitores no começo da manhã, mas depois disso as filas diminuíram, a situação se normalizou. Não registramos nenhum incidente durante a votação”, destacou o vice-cônsul do Brasil em Tóquio, Leonardo Collares, administrador do pleito em Gunma.

“Avaliamos de maneira muito positiva o desenvolvimento do primeiro turno das eleições”, acrescentou.

Em caso de segundo turno, marcado para 26 de outubro – último domingo do mês – o vice-cônsul recomenda aos eleitores de vir nos locais de votação no começo da manhã, período do dia em que o tempo de espera é sempre maior.

“Para quem quer esperar menos, pedimos para que venham depois das 10h30 ou especialmente na parte da tarde. Considerem que haverá formação de filas na parte externa e que venham preparados em caso de chuva”, reforçou o diplomata, que sugere também aos eleitores que vierem de carro a compartilhar caronas devido ao número limitado de estacionamentos ao redor do Oizumi Bunkamura.

Os eleitores obrigados a votar no Japão e que não compareceram nas urnas neste domingo, precisam justificar a ausência na votação, num prazo de 60 dias, contando a partir de 5 de outubro. O formulário de justificativa está disponível no site do Consulado-Geral do Brasil em Tóquio.

O documento deve ser preenchido e enviado pelo Correio ao Consulado em Tóquio ou ao Cartório Eleitoral do Exterior em Brasília. Há também a opção de entregar pessoalmente no próprio Consulado.

———-
Leia também:
Japão: Aécio vence disparado em 20 seções eleitorais de Nagoia
———-

Fonte: Alternativa

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome