A Páscoa
Quem visitar Jerusalém e for ao sepulcro onde Jesus foi sepultado vai encontrar a mensagem: “Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia”, (Mateus 28.6). (Foto: Reprodução)

O que difere o Cristianismo das demais religiões, é que Cristo ressuscitou, Ele venceu a morte, ela não pode detê-lo na sepultura.

Por Eliel de Souza

A páscoa é uma festa judaica-cristã, o povo judeu foram os primeiros a celebrarem, sob uma perspectiva diferente dos cristãos.

A primeira páscoa foi celebrada na noite da libertação dos hebreus na terra do Egito. Após um longo período de escravidão (450 anos), sob a liderança de Moisés, Israel enfim, pode vislumbrar uma nova etapa de vida.  Foi uma noite tensa e dor para os egípcios, seus filhos primogênitos foram mortos durante aquela noite escura…

Para os hebreus ficarem livres dessa última praga, deveriam matar um cordeiro –  o mesmo seria substituto dos filhos primogênitos dos hebreus – O cordeiro deveria ser sem mácula ou defeito, sua carne teria que ser totalmente consumida pelo povo. O sangue do cordeiro deveria estar nos umbrais da porta da casa dos hebreus, para que, ao entrar na terra do Egito, o anjo da morte passasse por cima e não entrasse na casa dos judeus. “Passar por cima”, és a expressão que originou a palavra páscoa, que significa passagem.

Realmente a festa da páscoa para os judeus representam a passagem para uma nova vida. Eles deixariam a escravidão no Egito e caminhariam rumo em direção a uma terra de liberdade, deixaria o jugo de Faraó e viveriam nos braços do Deus de Abraão, Isaque e Jacó, não viveriam mais uma terra de sofrimento, caminhariam na terra que manava leite e mel. Enfim, a festa da páscoa para os judeus significa que Deus agiu e os libertou da terra do Egito e os levantou como uma nação que viveria debaixo das promessas que Deus firmou a Abraão, Isaque e Jacó.

Já os cristãos em todo o mundo celebram a páscoa sob outra perspectiva. Enquanto os judeus celebram a libertação do Egito, os cristãos a celebram, comemorando a ressurreição de Jesus Cristo. Cristo é a nossa páscoa, “… Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós”, (1 Coríntios 5.7).

A páscoa nos faz lembrar que Cristo morreu, e não somente morreu. O que difere o Cristianismo das demais religiões, é que Cristo ressuscitou, Ele venceu a morte, ela não pode detê-lo na sepultura. Você pode visitar as sepulturas dos principais representantes das demais religiões, os seus restos mortais serão encontrados.

Mas quem visitar Jerusalém e for ao sepulcro onde Jesus foi sepultado vai encontrar lá: “Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia“, (Mateus 28.6).

Os cristãos de todo o mundo não celebram um Cristo morto, mas um que foi morto e vive para todo o sempre, e em breve voltara para os seus. Celebrar a páscoa é entender que por causa de Cristo temos esperança e futuro certo. Temos salvação assegurada por aquele que nos amou.

Feliz Páscoa!!!!

Eliel de Souza
é teólogo, escritor, pregador, conferencista,
pastor e lider da Assembléia de Deus Ministério Luz para as Nações com sede em João Neiva-ES.

 

 

_____________________________________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

2 COMENTÁRIOS

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui