A missionária sueca Frida Vingren defendia o ministério feminino?
Missionária Frida Vingren entre os seus companheiros da Missão Sueca Livre no Brasil reunidos na primeira Convenção Geral das Assembleias de Deus em 1930 | Foto: Reprodução/CEMP

O que Frida Vingren desejava para as mulheres assembleianas?

A missionária sueca Frida Vingren foi mais do que esposa, dona de casa, mãe de filhos. Ficou conhecida como “uma mulher à frente do seu tempo”. Além de redatora dos primeiros jornais da denominação e comentarista das lições da escola dominical, era ensinadora da Bíblia, pregadora e evangelista.

Frida apoiou o marido – Gunnar Vingren – um dos fundadores da Assembleia de Deus no Brasil, e trabalhou incansavelmente ao seu lado, tornando-se uma das mais importantes lideranças da igreja, apesar das polêmicas em torno do seu ministério.

A primeira reunião da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) foi realizada na cidade de Natal (RN) no ano de 1930. Cinco meses depois desse evento, foi publicado no jornal Mensageiro da Paz, Ano I, Nº 3, de 1º de fevereiro de 1931, na página 3, um texto de autoria de Frida Vingren com o título “Deus mobilizando suas tropas”. De acordo com o blog Dicionário do Movimento Pentecostal, a ideia é que o texto da missionária tinha o objetivo especifico de “incitar as (mulheres) assembleianas a não aceitarem passivamente a decisão da convenção. Ela, como as demais mulheres, fora proibida de falar, mas, no seu caso, não de escrever”.

Ainda, segundo o blog, no texto reproduzido abaixo, os grifos estão no original, nada mais significativo do que Frida queria enfatizar:

** “Despertemo-nos, para attender ao chamado do Rei, alistando-nos nas Suas fileiras. As irmãs das “assembléias de Deus” que egualmente, como os irmãos tem recebido o Espírito Santo, e portanto, possuem a mesma responsabilidade de levar a mensagem aos pecadores precisam convencer-se de que podem fazer mais do que tratar dos deveres domésticos. Sim, podem também quando chamadas pelo Espírito Santo sahir e annunciar o Evangelho. Em todas as partes do mundo, e especialmente no trabalho pentecostal, as irmãs tomam grande parte na evangelização. Na Suécia, paiz pequeno com cerca de 7 milhões de habitantes, existe um grande numero de irmãs (…) trabalhando exclusivamente no Evangelho. Dirigem cultos, testificam e falam da palavra… (Os que estiveram na convenção em Natal e ouviram o Pastor Lewi Pethrus falar deste assumpto, sabem que é verdade.) Por qual razão, as irmãs brasileiras hão de ficar atrazadas? Será, que o campo não chega, ou que Deus não quer: Creio que não. Será falta de coragem? (…) As irmãs, convém buscarem santificação e consagração, para que o Senhor as possa dirigir e abençoar. Não há tempo a perder. Jesus vem em breve. O Senhor diz: “A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Diremos nós: “Eis me aqui, envia-a me a mim”. Na “parada das tropas” a qual teve logar aqui no Rio, depois da revolução, tomou também parte, um batalhão de moças do Estado de Minas Geraes, as quaes se tinham alistado para a lucta”. (Mantida a grafia da época).

O blog finaliza o post afirmando que a missionária Frida Vingren desejava para as mulheres assembleianas era bem diferente da posição que a elas foi destinada após a Convenção Geral de 1930.

** Texto extraído da introdução do livro 100 MULHERES QUE FIZERAM A HISTÓRIA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS.
Com informações Dicionário do Movimento Pentecostal

Leia também

Quem foi Frida Vingren?

________

DEIXE UM COMENTÁRIO_____________________________
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

4 COMENTÁRIOS

  1. Segundo o blog… Muito cuidado, vejo uma sutil manipulação nas palavras “atribuídas” a Frida. Ela atuava de uma maneira tão natural que não se pode dizer que o desejo dela era que todos os fizessem, ou seja você não nega um remédio ao doente, vê-se a necessidade e atua de maneira a sana-la. Fica o enfoque em “chamadas pelo Espírito Santo” que de certa forma admite que algumas atuações não podem ser feitas sem a capacitação do alto. Isso implica em obediência.

  2. O que nos norteia é o que diz a Bíblia sobre o assunto!!! Tudo passa, Frida passou e nós passaremos mas, a Palavra de Deus permanece para sempre!!!

  3. Sim amado… Esse estudarmos as escrituras veremos que: muitas mulheres ajudavam no ministério de Jesus e o seguiam por gratidão. Paulo cita em suas cartas mulheres e a benevolência que elas tiveram para com comunidades. Até mesmo Timóteo foi influenciado por uma mulher em seu ministério. A verdade é que o ministério feminino tem crescido e se afirmado, devido a frouxidão e omissão dos homens chamados para o ministério.

  4. Verdade amado, as mulheres sempre exerceram um papel importante tanto no velho como no novo testamento, o que não podemos é criar cargos e funções que em lugar algum das escrituras respalda. Agradeço a Deus pelas mulheres auxiliando na igreja mas, cada um em seu lugar que Deus determinou!!!

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui