A Maçã é o fruto do pecado?

Por Ezequiel Silva

Em face da morte do Steve Jobs, dono da Apple, esbarrei-me com vários artigos, mensagens curtas, e até piadas com relação à maçã – logotipo da Apple e seu criador Jobs (redundância, já que apple em inglês é maçã). Até no inferno colocaram ele, por ter mordido a maçã (rsrsrs) Quem julgará os vivos e os mortos é Deus (2Tm 4.1).

Pois bem, me sentir no dever bíblico-teológico de postar esse artigo que tem mais um caráter informativo que qualquer outra coisa. Espantou-me quando li em um determinado blog evangélico a informação de que a maçã era a origem do pecado original do jardim do Éden e que ao comer do fruto da macieira o casal, Adão e Eva, aceitou a proposta do diabo. Tinha outros absurdos na postagem, mas não estou tratando diretamente do blog, vez que outros canais da rede fizeram seus post, cada um com o seu comentário: uns esdrúxulos, outros divertidos. O que me estremece é a falta de conhecimento bíblico. Entendo que para postar comentário sobre um assunto bíblico se faz necessário ter conhecimento do assunto, ou, no mínimo, uma simples pesquisa (donde, lógico, vem o conhecimento). A ideia da maçã como símbolo do pecado, remonta a Idade Média (séc. XIII. Há várias interpretações quanto a dito simbolismo. E um deles é que maçã do latim “mala” ou “malus” que corresponde a “males” daí a ignorância popular taxou o saboroso e apetitoso fruto de símbolo do pecado original. Inclusive, quadros, afrescos e relevos foram pintados retratando Adão e Eva comendo a maçã. A religião predominante aproveitou-se deste fato para apresentar o sexo como o pecado original simbolizado na maçã.

Mas, a Bíblia não menciona em nenhum texto que a maçã era o “fruto proibido”. Senão, vejamos o texto bíblico (versão Almeida Atualizada) : Gênesis 2.16,17: – 16 E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, -17 mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás. Houve um decreto (uma ordem direta para se cumprir) de Deus para o homem e a mulher. Estes não obedeceram a ordem do CRIADOR e ouviram os embustes de satanás, personificado na serpente.

Observamos Gênesis 3.4-6:

– v4 Então, a serpente disse à mulher: “É certo que não morrereis”.

– v5 Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal.

– v6 Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu.

A guisa de esclarecimento, não foi a maçã o fruto do pecado, mas sim, a desobediência a Deus que resultou na queda do homem (gênero). Por causa da desobediência e não por causa do sexo entre casais verdadeiramente casados (amparado biblicamente) foi que o apóstolo Paulo escreveu em sua carta aos Romanos 5.12: “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram”.

Como está escrito: Todos pecaram e carecem da glória de Deus (Rm 3.23, ARA). E ainda: porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor (Rm 6.23, ARA).

Tenhamos cuidado para não disseminar crendices que não se encontram na Bíblia Sagrada – a regra de fé e prática de todos os que aceitaram a Cristo, como único e suficiente salvador.

Até a próxima, na paz de Jesus Cristo e na esperança de sua vinda!

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui