A importância das mulheres na Reforma Protestante
Mulher com uma Bíblia | Foto Ilustrativa / Reprodução
Claudete Barbosa

Celebramos neste ano os 503 anos da Reforma Protestante, que se deu no dia 31 de outubro de 1517, firmada por Martinho Lutero quando fixou as 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, dando assim, o rompimento com o modelo episcopal da Igreja Católica do século XVI. A reforma foi de tal importância para o meio cristão protestante que hoje, 503 anos depois, somos fruto dela.

Nos primeiros anos da reforma as mulheres tiveram uma participação ativa tanto nos bastidores, quanto publicamente. [1]A atuação delas na reforma se deu cada uma a sua maneira, em seu próprio contexto, conforme a situação e segundo a sua formação, contribuíram de forma valiosa com o movimento da reforma. São mulheres que viveram o matrimonio, algumas ao lado de reformadores; a maioria delas eram mães; muitas ficaram viúvas. Todas carregaram grande responsabilidade e se engajaram de forma sabia e, muitas vezes, até ousada pela reforma.

Após o ano 1520, elas ganharam voz e vez, [2]depois da publicação do escrito: “A nobreza cristã de nação alemã, acerca da melhoria do ensinamento Cristão”. Nesse escrito, Lutero aborda, entre outros temas básicos de sua teologia, os princípios de sua doutrina do sacerdócio geral de todos os crentes, no qual explica a igualdade de todas as pessoas cristãs perante Deus. A base teológica para a sua doutrina é Gálatas 3:28: “De sorte não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus”.

A Reforma Protestante realçou o espaço da mulher, que já era reconhecido nas Escrituras:

– Debora, que foi a única mulher Juíza de Israel como está registrado em Juízes 4:4: “E Débora, mulher profetiza, mulher de Lapidote, julgava Israel naquele tempo”.

– O exemplo de Ester, que com sabedoria agiu nos momentos de aperto e preocupações e entendeu qual era vontade de Deus para o seu povo, reconhecendo assim, que Deus a tinha levantado para um proposito no seu tempo: “Porque, se todos te calares neste tempo, socorro e livramento doutra parte vira para os judeus, mais tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino?” (Et 4:14). Tal foi sua importância que todo o seu povo foi salvo pela sua sabedoria.

E no episódio da Reforma Protestante tivemos 13 mulheres corajosas, cultas, fortes e inteligentes que foram atuantes e participantes ativas no movimento reformador, muitas delas, ao lado de seus esposos sendo conselheiras e sábias para os propósitos de Deus, cumprindo a ordem divina de que as mulheres devem ser ajudadoras e auxiliadoras de seus cônjuges; e, com isso, vemos que a Reforma influenciou e ainda hoje tem grande influência em nosso tempo dando espaço que outrora as mulheres não tinham, como por exemplo: ministras da palavra, cantoras, professoras de escola dominical, dirigentes de círculos de oração que formado por mulheres de coragem, fé e oração; mulheres que são reconhecidas atuantes como uma das colunas da igreja, que além de serem mães, donas de casa, ajudadoras e conselheiras, também são encarregadas de um grande proposito divino que é a sabedoria, como disse o rei Salomão em Provérbios 14:1: “Toda mulher sábia edifica a sua casa, mais a tola derriba-a com as suas mãos”.

A nossa oração é que nesse tempo Deus levante mulheres corajosas que tenham compromisso com o Reino, que aceitem a Vontade Divina e sejam sábias edificando o seu lar. Mulheres que oram e buscam a presença de Deus, que sejam compromissadas com a Palavra e que exerçam forte influência para a nova geração. Que Deus abençoe as mulheres crentes, derramando graça sobre suas vidas, como guerreiras na oração, fortalecendo-as em Cristo Jesus.

[1] ULRICH.Claudete Beise. DALFERTH.Heloisa Gralow. Mulheres no movimento da reforma. Sinodal. São Leopoldo. 2017. P. 10.

[2] ULRICH.Claudete Beise. DALFERTH.Heloisa Gralow. Mulheres no movimento da reforma. Sinodal. São Leopoldo. 2017. P. 5,6.

Claudete Barbosa,
bacharela em teologia pela Faculdade Unida – Vitória/ES

DEIXE UM COMENTÁRIO 
Siga Seara News no Twitter, no Facebook e Instagram
“O primeiro portal cristão no Estado do Espírito Santo”

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui