A Igreja Universal do Reino de Deus e o Bispo Edir Macedo vão tomar medidas judiciais contra a reportagem da Forbes

1
223

A Igreja Universal do Reino de Deus e o Bispo Edir Macedo vão tomar medidas judiciais contra a reportagem da Forbes

Por Paulo Pontes

A Igreja Universal do Reino de Deus publicou nota desmentindo a reportagem da revista Forbes que apresentou o ranking dos “pastores mais ricos do Brasil”, entre eles, o bispo Edir Macedo, fundador e líder da Igreja, que de acordo com revista seria o pastor mais rico do País, com uma fortuna avaliada em US$ 950 milhões, o que daria mais de 1,9 bilhões de reais.

Em nota, a assessoria da igreja informa que a Rede Record é o único bem de propriedade do bispo Macedo, que não recebe salários, e não tem retiradas de lucros da empresa, uma vez que sobrevive do seu trabalho pastoral. Não possui qualquer outro patrimônio pessoal, e que a informação da reportagem da Forbes sobre o seu patrimônio é mentirosa, sendo baseada em velhas mentiras publicadas na imprensa e que foram repetidas por pessoas preconceituosas.

A nota também diz que a Igreja Universal não foi procurada pelo autor da reportagem, demonstrando o desprezo do jornalista pela veracidade das informações, e que a igreja e o bispo Edir Macedo vão tomar as medidas judiciais cabíveis.

Leia na íntegra:

Comunicado Oficial

Tocada pela legítima indignação dos fiéis, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) bem como seu fundador, bispo Edir Macedo, vêm a público apresentar algumas considerações e desmentir a reportagem “Bispo Edir Macedo é o pastor mais rico do Brasil com uma fortuna de US$ 950 milhões”, publicada pela revista “Forbes” e repercutida por vários veículos de comunicação.

1) A Rede Record de Televisão é o único bem do qual o Bispo Macedo é proprietário, como é de amplo conhecimento. A Record como empresa está confiada a ele com o aval das autoridades, dos seus milhares de funcionários e artistas, dos milhões de fieis da IURD, e dos seus telespectadores (de todas as religiões) que a tem feito a segunda emissora do País;

2) Deste único bem que possui, o bispo Macedo não recebe salários, nem tem retirada de lucros — nunca recebeu até hoje nem um centavo da empresa. Não vive dessa atividade, mas é dependente do seu próprio trabalho como pastor evangélico;

3) Fora a Record, o bispo Macedo NÃO possui qualquer outro patrimônio pessoal, inclusive já tendo doado alguns imóveis para a IURD, imóveis estes que foram adquiridos com seus próprios recursos de direitos autorais;

4) A mentirosa informação sobre o patrimônio do fundador da IURD foi baseada em um apanhado de velhas mentiras publicadas na imprensa e repetidas por aqueles que fazem do PRECONCEITO contra a fé o motor de sua cobiça sem fim pelo poder, sempre tentando manipular a opinião pública;

5) O que, então, motivaria tal reportagem da Forbes e outras do mesmo gênero? A sempre repetida intenção de tirar a credibilidade de uma Instituição honrada e seu líder que tem ajudado milhões de famílias em mais de 180 países;

6) Esclarecemos ainda que a Igreja Universal não foi sequer procurada pelo autor da reportagem para confirmar se as informações eram corretas, o que demonstra o desprezo que o jornalista teve pela verdade;

7) Informamos que a Igreja Universal, bem como o bispo Edir Macedo tomarão as medidas judiciais cabíveis;

8) O bispo Edir Macedo é um líder evangélico respeitado por milhões de pessoas no Brasil e no mundo, cuja única riqueza é a fé que o tem levado há quase 50 anos a dedicar sua vida ao Evangelho e a ajudar as pessoas. Basta verificar os milhares de testemunhos espalhados pelo mundo afora.

Com informações de: R7.com

1 COMENTÁRIO

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome