A Bíblia, o Cristão e o Celular

0
830

A HISTÓRIA DO TELEFONE CELULAR

A história do celular é recente, mas remonta ao passado – e às telas de cinema. A mãe do telefone imóvel é a austríaca Hedwig Kiesler [mais conhecida pelo nome artístico Hedy Lamaar], uma atriz de Hollywood que estrelou o clássico Sansão e Dalila [1949].

Hedy tinha tudo para virar celebridade, mas pela inteligência. Ela foi casada com um austríaco nazista fabricante de armas. O que sobrou de uma relação desgastante foi o interesse pela tecnologia.

Já nos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra Mundial, ela soube que alguns torpedos teleguiados da Marinha haviam sido interceptados por inimigos. Ela ficou intrigada com isso, e teve a idéia: um sistema no qual duas pessoas podiam se comunicar mudando o canal, para que a conversa não fosse interrompida. Era a base dos celulares, patenteada em 1940.

INTRODUÇÃO

A Bíblia, o Cristão e o Celular

Conforme tenho dito em diversas matérias apostiladas, o Espírito Santo usa recursos diversos para facilitar a compreensão da Palavra de Deus escrita. Dentre uma diversidade de elementos, destacamos parábolas, sombras, tipos, símbolos, etc.

Nesta matéria apresentamos o telefone celular como um tipo do crente encontrado em todos os templos de igrejas evangélicas. Por exemplo: crentes desligados, fracos, desativados, travados, bloqueados, etc. Conforme se percebe, esta matéria baseia-se numa série de serviços prestados aos proprietários do aparelho, através de uma central telefônica.

Citemo-los, pois:

1 – Crente “fora da área de cobertura”: O CÉU

Dependendo do momento da chamada telefônica celular, é duro, amargo, constrangedor e aborrecível o aviso constante e repetitivo a cada insistência do telefonista: “telefone fora da área de cobertura”. Há pessoas, inclusive, que chegam a chorar de raiva, desespero, etc. etc. DA MESMA FORMA, ASSIM É DEUS, diante de crentes que, quando deles espera-se urgente e importante prestação de serviços espirituais capazes de resolver situações pró-Senhor, eles nunca são encontrados debaixo da cobertura celestial para os filhos de Deus.

2 – Crente “desligado”: DO CÉU

Dependendo da necessidade de quem chama, outro aviso amargo, aborrecível e ruim, procedente dos serviços celulares, é: ”TELEFONE DESLIGADO PELO CLIENTE”. Às vezes, esse aviso repete-se durante dias e semanas inteiros, inviabilizando qualquer tipo de recepção. Quem chama, inevitavelmente, se aborrece. Isto aponta para crentes que, “cansados” de tantas chamadas [PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ESPIRITUAIS, etc. etc.] ou amedrontados com freqüentes cobranças do Senhor, desligam totalmente o espírito e a alma de Deus, impossibilitando qualquer tipo de recepção espiritual. São crentes que, quando chamados PELO SENHOR em momentos cruciais para prestação de algum tipo de serviço espiritual, estão sempre desligados, o que certamente aborrece em extremo o autor da chamada: DEUS.  Inclusive, face a esse tipo de aviso, há pessoas que decidem nunca mais retornar a ligação. PRECISAMOS TOMAR CUIDADO: Deus poderá deixar de nos procurar.

3 – Crente “desligado pelo cliente”: O DIABO OU A CARNE?

O cliente da central telefônica para administração do celular é o dono do aparelho.

O cliente celestial para administrar o próprio espírito e a alma é o crente.

Aparelho desligado pelo cliente é sinônimo de vida espiritual desligada pelo próprio crente.

PERGUNTA-SE: Quem motivou o cliente [o crente] a desligar o espírito e a alma? A carne ou o Diabo?

Imagine crentes desligados numa celebração de culto a Deus, quando o Senhor precisa falar???!!!!!!

Imagine um crente desligado num momento de grande necessidade altas horas da madrugada?  A operação divina não poderá manifestar-se, face à sua postura de desligado. Crente desligado é presa fácil para o Diabo, a carne, as doenças, desempregos, etc. etc. DEUS NÃO PODE OPERAR. O Senhor até deseja operar e até mesmo chama esse crente para mostrar-lhe o caminho da vitória, mas o crente estando desligado pelo “cliente” não poderá ouvir os planos do Senhor. UMA LÁSTIMA.

4 – Crente “sem bateria”: CRENTE SEM CONSAGRAÇÃO DE VIDA

A bateria é a alma do celular. É a bateria que torna o celular um aparelho de recepção.

SEM BATERIA, nada feito.  Da mesma forma é o crente: SEM ORAÇÃO, JEJUM E O PODER DA PALAVRA, nada feito! O que torna o crente receptível espiritual é o poder da consagração na própria vida.

BATERIA FRACA: Pouca recepção. INCLUSIVE, quando a bateria do aparelho celular encontra-se fraca, inevitavelmente ela interrompe a mensagem de quem fala e a atenção de quem recebe. Ou seja, tanto quem fala Quanto quem ouve ficam no meio do caminho, face à interrupção da mensagem. UM BLOQUEIO que pode levar o proprietário do celular a perder grandes negócios econômicos. BATERIA FRACA é sinônimo de pouca consagração espiritual do crente. Pouca oração – pouco jejum – pouca leitura bíblica, etc. etc – Conseqüentemente, o poder de recepção espiritual desse crente é tão fraco que, dificilmente Deus pode completar mensagens especiais salvadoras à sua vida. SÃO CRENTES que ouvem as mensagens pela metade. Os hinos são pela metade. As profecias são pela metade, etc. etc.

BATERIA FORTE: Abundante recepção.

O MELHOR MOMENTO PARA FORTALECER A CARGA DA BATERIA-CELULAR: à noite, ligando o aparelho à energia elétrica, para que no dia seguinte as forças celulares  mantenham o cliente informado e isento de surpresas desagradáveis, etc.  O MELHOR MOMENTO PARA O CRENTE FORTALECER A ALMA E O ESPÍRITO é a madrugada de vigília com Deus: Jó 8:5-6; Mc 1:35. QUANDO ASSIM FAZEMOS, Deus nos manterá informados e abençoados durante o dia.

5 – Crente “Antena Arriada”: AUDIÇÃO ESPIRITUAL FRACA

A antena do celular é de extrema importância para a qualidade da recepção. Chamadas de longa distância, por exemplo, recomenda-se antena devidamente ereta, pois, caso em contrário, a recepção será deficiente, fraca, podendo, inclusive, ser interrompida.

Quando o crente não possui uma boa audição espiritual, fica sujeito a todos os tipos de recepções negativas da carne, da religião, do fanatismo, do Diabo, das próprias emoções, etc. etc. AUDIÇÃO ESPIRITUAL FRACA é o resultado da carência de uma vida equilibrada na oração e na Palavra de Deus. 2 Pedro 3:18. APRENDAMOS: Ouviremos sempre mal quando nossa antena espiritual estiver arriada. A recepção espiritual será sempre fraca, deficiente, deteriorada.

6 – Crente “Desligado na Central Telefônica”: CRENTE EXCLUÍDO DA IGREJA

Há uma modalidade de aparelhos celulares [ANTIGOS] que podem ser desligados NA CENTRAL TELEFÔNICA quando o cliente deixa de cumprir com suas obrigações no que tange a pagamentos de conta telefônica. Os serviços da central são interrompidos e isso gera uma série de prejuízos ao proprietário do aparelho. Igualmente, quanto mais o tempo distanciar-se da data de pagamento, maior ficará o débito desse cliente junto à central. O CRENTE PRECISA TOMAR EXTREMOS CUIDADOS para não ser excluído da Igreja do Senhor Jesus por questões de débitos não acertados com Deus.  Exemplo de débitos não acertados com o Senhor: ATOS PECAMINOSOS NÃO CONFESSADOS.  A exclusão torna-se inevitável e, o que é ainda pior, trará prejuízos seriíssimos ao crente, podendo transformar-se numa situação insuportável caso esse crente não retorne o mais rápido possível aos contatos positivos com a central celestial eterna. PORTANTO, evitemos dever ao Todo-Poderoso.

7 – Crente “Ocupado”: CRENTE QUE NUNCA TEM TEMPO PARA OUVIR AS MENSAGENS DE DEUS

Há celulares que, nos momentos de recepções capazes de mudar os rumos sociais do proprietário ou proporcionar-lhe uma notícia ou informações inadiáveis, estão sempre ocupados. Conseqüentemente, grandes oportunidades poderão estar perdidas temporariamente ou até mesmo para sempre.

HÁ UM CRENTE QUE ESTÁ SEMPRE OCUPADO com fatos e coisas banais, efêmeros, etc. etc. os quais jamais o deixam ouvir as mensagens de Deus para seus filhos. São crentes que jamais têm tempo para ir aos cultos ao Senhor no templo, às escolas bíblicas dominicais, às reuniões de orações, etc. etc. Conseqüentemente, são esses crentes as pessoas que mais perdem grandes oportunidades na vida. Perdem notícias do Céu capazes de mudar a história de sua vida.  Cuidado, perder por estar sempre ocupado para Deus certamente pode ser o pior negócio da própria vida.

8 – Crente “Travado, Bloqueado”: CRENTE QUE JAMAIS SE ABRE PARA DEUS

Uma simples brincadeira com um aparelho celular, por exemplo, pode travá-lo – bloqueá-lo de tal forma que se tornará necessária a presença de um técnico específico para destravá-lo. Um celular travado ou bloqueado retira praticamente todo o poder de ação do aparelho. TOMEMOS CUIDADO, as mínimas coisas aos nossos olhos podem bloquear profundas manifestações de Deus em prol de nossa própria vida. Não se consegue discar através de um celular bloqueado. O que significa dizer que o crente pode perder todo o poder de consagração, de fala a Deus, em face de atos e palavras que possam contrariar os princípios bíblicos para os filhos do Todo-Poderoso. CONSEQUENTEMENTE, presentes nos cultos a Deus no templo, dificilmente esses crentes são sensibilizados para glorificar, louvar, orar, ofertar, dizimar, etc. etc. CRENTES BLOQUEADOS.

9 – Crente “Transferido, mas com o nome do antigo proprietário”: CRENTE MUNDANO

Há pessoas que compram o aparelho e jamais se apressam em promover a transferência de nome no que tange à nova propriedade. Isso costuma gerar uma série de problemas, transtornos, etc. Quem compra, por exemplo, costuma deparar-se com dívidas impagáveis vinculadas ao aparelho ou até mesmo algum amargo tipo de  dissabor  envolvendo o número do aparelho.

Quando o crente transfere-se do pecado para Deus, ele precisa providenciar junto ao Espírito Santo a imediata mudança de seu nome. Ou seja, de mentiroso, enganador, profano, etc. ELE DEVERÁ CHAMAR-SE SERVO DE DEUS. Caso isso não ocorra ou demore a ocorrer, esse crente certamente amargará sérios dissabores, mesmo havendo “optado” pelo Senhor dos céus e da terra. É TRISTE ENCONTRARMOS CRENTES ainda mundanos, trapaceiros, carnais, infiéis, adúlteros…

10 – Crente “Com poder de fala limitado”: CRENTE AGORA NÃO DÁ

É constrangedor ao proprietário do celular precisar falar a alguém do outro lado da linha: [1] Não demore a falar porque o cartão está acabando [2] Fale rápido, a bateria está fraca [3] Seja rápido, a bateria vai cair… RESULTADO: Dificilmente falamos ou ouvimos tudo quanto seria necessário falar ou ouvir. São EXATAMENTE assim os crentes que a própria igreja local já os conhece como os irmãos apressados. Alguns servos de Deus até deixam de nos procurar por entender que podem mais atrapalhar do que ajudar. Afinal, estamos sempre correndo, apressados. CONSEQUENTEMENTE

11 – Crente “Celular Desativado”: CRENTE MORTO

12 – Crente “Ligação a Cobrar”: CRENTE QUE VIVE SEMPRE COBRANDO DE DEUS

EPÍLOGO

Outra diversidade de elementos pertinentes à vida prática do celular poderíamos ainda abordar, entretanto, acreditamos que os dados acima citados são plenamente suficientes para entendermos verdades espirituais relevantes e capazes de comprometer de forma irreversível o futuro espiritual do crente após-túmulo. Portanto, vigiemos, pois.

Irmão Michel
[email protected]

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome