Teto de igreja desaba e mata ao menos 160 na Nigéria

0
8

Teto de igreja desaba e mata ao menos 160 na Nigéria
Teto de igreja desaba durante culto na Nigéria e deixa pelo menos 160 mortos (Foto: Reprodução/Twitter)

Centenas de pessoas se encontravam da igreja, que ainda estava sob construção, para presenciar a ordenação de Akan Weeks como bispo

ABUJA – O desabamento do telhado de uma igreja deixou 160 mortos em uma cidade no sul da Nigéria neste sábado. A Igreja Reigners Bible Internacional, na cidade de Uyo, capital do estado de Akwa Ibom, ainda estava em construção, com conclusão prevista para o próximo sábado.

Etete Peters, do Hospital Universitário da Universidade de Uyu, disse que o número de mortos provavelmente aumentaria. Já o líder jovem Peters Edikan informou que muitas outras vítimas estão espalhadas por diferentes partes da cidade.

– No hospital universitário de Uyo, onde estou agora, pude ver mais de uma centena de cadáveres, muitos estão amontoados uns sobre os outros no chão – disse o fotojornalista Ini Samuel. – Testemunhas também disseram ontem que havia até quatro cadáveres em cada saco.

Fiéis disseram que, apesar de estar em construção, a igreja estava cheia de pessoas que acompanhavam a ordenação de um bispo. Segundo testemunhas, vigas de metal caíram e o telhado de ferro cedeu.

Gary Ubong, um morador, afirmou que o telhado da igreja desmoronou quando um pastor estava sendo consagrado como bispo na presença de autoridades do governo. “Eu vi mais de 100 corpos sendo carregados para fora”, disse Ubong, que correu para o local após o acidente. “Eu também fui a dois hospitais e vi montes de corpos difíceis de contar”.

O governador Emmanuel Udom, depois de sair ileso do acidente, decretou dois dias de luto; e nesta segunda-feira, organizará uma cerimônia em homenagem às vítimas. Em um comunicado divulgado por seu porta-voz, o governador pediu para que se mantenha a calma e que todos orem pelos feridos.

O presidente nigeriano Muhammadu Buhari expressou suas condolências em nome de toda a nação nigeriana pelos inúmeros mortos e feridos no trágico acidente ocorrido em Uyo, capital do Estado de Akwa Ibom, indicou a presidência.

O governo do estado vai investigar o caso para verificar se as normas de construção foram desrespeitadas.

Em 2014, 116 pessoas morreram quando um prédio de vários andares da Igreja Sinagoga de Todas as Nações em Lagos desabou. Um legista atribuiu o caso a falhas estruturais.

O Globo | G1

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome

6 + catorze =