Juiz confirma Pr. Wellington Junior como presidente da CGADB

0
76

Pastor Wellington Junior
Pastor Wellington Junior (Foto: Capa Revista Seara News)

“As eleições transcorreram dentro da normalidade, com alto percentual de comparecimento; e, a fraude não pode ser presumida”, declara juiz.

Por Paulo Pontes

Na noite desta quarta-feira (28), o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro publicou decisão do juiz da Comarca de Madureira – Thomas de Souza e Melo – considerado competente pelo STJ para decidir sobre as eleições da CGADB reconhecendo o resultado das eleições da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil – CGADB, autorizando a posse dos eleitos.

Pela análise das provas o juiz entendeu que não houve fraude no pleito do dia 9 de abril de 2017, reconheceu como legal o último pleito da CGADB e homologou a posse da diretoria eleita e do conselho fiscal.

Com esta decisão termina a disputa jurídica que pedia a anulação das eleições, que chegou a suspender o resultado do pleito, e o pastor José Wellington Costa Junior é definitivamente reconhecido como presidente eleito da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil – CGADB.

Conforme o entendimento do juiz, não seria viável a realização de novas eleições, como também a prorrogação do mandato da atual mesa diretora acarretaria prejudicial insegurança para o funcionamento da CGADB; as eleições transcorreram dentro da normalidade, com alto percentual de comparecimento; e, a fraude não pode ser presumida.

“Decido: Reconhecer a validade do pleito realizado aos 09/04/2017, autorizando a posse dos eleitos para os cargos da mesa diretora e conselho fiscal, de acordo com cronograma estabelecido pela própria entidade”, declarou o juiz.

Fragmentos da Decisão

Processo nº: 0084255-87.2017.8.19.0001

– O auditor independente expressamente afirma que não houve intercorrências, interrupções, eventos externos, atestando em 100% o funcionamento dos dispositivos eletrônicos e da plataforma eletrônica montada. Vejamos: ´Quanto à validade do processo eleitoral da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil – CGADB, auditado e acompanhado em sua íntegra, podemos afirmá-lo, considerando o acima exposto e não havendo interrupções ou incidentes técnicos, como exposto, como sendo válido´.

– Impedir as eleições, ou mesmo, desprezar a sua realização, neste momento, significaria inverter a ordem processual, e presumir uma nulidade que, embora invocada com fundamentos, não restou comprovada, correndo-se o risco de desprezar a soberania dos votos.

– Não há nos autos, ao menos por ora, nenhuma indicação de que a Requerida Scytl tenha comportado-se de maneira a macular o pleito eleitoral. (…) A lista de eleitores aptos a votar – maior fonte de controvérsia no processo eleitoral – não é de atribuição da Scytl…

– Considerando-se que: a) a realização de novas eleições, e de perícia prévia sobre a lista de eleitores, com a prorrogação indefinida do mandato de sua mesa diretora e conselho fiscal acarretaria prejudicial insegurança para o funcionamento da instituição; b) a decisão que suspendeu as eleições não se sustenta por lastreada em inexistente descumprimento judicial; c) as eleições transcorreram dentro da normalidade, com alto percentual de comparecimento; d) a fraude não pode ser presumida, notadamente sem o exercício do contraditório; decido: Reconhecer a validade do pleito realizado aos 09/04/2017, autorizando a posse dos eleitos para os cargos da mesa diretora e conselho fiscal, de acordo com cronograma estabelecido pela própria entidade.

Samuel Câmara

De acordo com a publicação no blog do pastor e jornalista Antônio Mesquita –  Fronteira Final, o pastor Samuel Câmara, que concorreu ao cargo de presidente da CGADB no último pleito, declarou que ainda não havia se reunido com advogados, mas que está em paz, ‘ante a decisão judicial’ e que haverá recurso da decisão.

Wellington Júnior comemora a decisão

O pastor Wellington Junior que foi eleito para a presidência da CGADB no maior pleito da história da instituição realizado online com mais de 23 mil votantes, postou em sua página no Facebook uma foto ao lado de seu pai, o pastor José Wellington Bezerra da Costa, com a frase: “A alegria do Senhor é a nossa força”.

STJ reconhece pastor Wellington Junior como presidente da CGADB
Pr. Wellington Junior comemora em sua página no Facebook (clique para ampliar)

“Acaba de sair a decisão judicial, que valida a eleição da CGADB realizada no dia 09 de Abril, 2017. A decisão foi anunciada e temos a honra de comunicar a vitória do Pastor Wellington Junior para a presidência da mesa diretora pra o próximo quadriênio (2017-2021), eleito com 14.675 votos. Em breve traremos mais informações. Deus abençoe a todos!”

Posse

A data da posse dos membros da Mesa Diretora e do Conselho Fiscal da CGADB foi divulgada ainda na noite desta quarta-feira (28), por meio de nota publicada pelo presidente em exercício da CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa. A solenidade de posse acontecerá na manhã desta segunda, 3 de julho, no novo templo-central da AD Ministério do Belém em São Paulo, conforme teor da nota como segue abaixo:

POSSE: Mesa Diretora e Conselho Fiscal da CGADB – 03/07/2017

Pastor José Wellington Costa Junior com a nova Mesa Diretora e conselho fiscal da CGADB eleitos para o quadriênio 2017-2021

O pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil – CGADB, convida a todos os pastores e evangelistas e suas respectivas esposas para a reunião de posse dos candidatos eleitos à mesa diretora e conselho fiscal da CGADB no pleito ocorrido em 09 de abril de 2017.

DATA: 03 DE JULHO DE 2017
LOCAL: Futuro Templo-Sede da AD em São Paulo – Ministério do Belém
Rua Doutor Fomm, nº 140, Belém – São Paulo (SP)
HORÁRIO: 9h
ENTRADA FRANCA

Mesa Diretora:

Presidente: Pr. José Wellington Costa Junior – 14.675 votos

1º Vice-Presidente: Pr. Sebastião Rodrigues de Souza – 14.547 votos
2º Vice-Presidente: Pr. Gilberto Marques – 14.725 votos
3º Vice-Presidente: Pr. Pedro Damasceno – 15.288 votos
4º Vice-Presidente: Pr. Temóteo Ramos – 14.459 votos
5º Vice-Presidente: Pr. Perci Fontoura – 15.326 votos

1º Secretário: Pr. Elienai Cabral – 16.031 votos
2° Secretário: Pr. Pedro Abreu de Lima – 13.826 votos
3º Secretário: Pr. Roberto José dos Santos – 14.755 votos
4º Secretário: Pr. Alberto Serafim – 13.979 votos
5º Secretário: Pr. Adalberto Dutra – 14.687 votos

1º Tesoureiro: Pr. Álvaro Sanches – 15.195 votos
2º Tesoureiro: Pr. Nehemias Araújo – 14.814 votos
3º Tesoureiro: Pr. Edson Eugênio Vicente – 13.643 votos

Conselho Fiscal

– Pr. Rinaldo Alves – 14.212 votos
– Pr. Paulo Martins Neto – 14.855 votos
– Pr. Israel Ferreira – 14.221 votos
– Pr. Luiz Cezar Mariano – 14.987 votos
– Pr. Jamir Brito – 14.470 votos

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome

2 × um =