Home / Mundo / Primeiro-Ministro de Israel é convidado para posse de Trump, nos EUA

Primeiro-Ministro de Israel é convidado para posse de Trump, nos EUA

Primeiro-Ministro de Israel é convidado para posse de Trump, nos EUA
Donald Trump (esquerda) e Benjamin Netanyahu (direita). (Foto: Times Of Israel)

 

A equipe de transição do presidente eleito Donald Trump tem solicitado que Benjamin Netanyahu participe das festividades no dia 20 de janeiro.

A equipe de Donald Trump tem expressado claramente o seu desejo de que o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu esteja presente no dia da posse do presidente entrante, em 20 de janeiro, de acordo com um relatório divulgado no sábado pelo ‘New York Post’.

A equipe de transição do presidente eleito Donald Trump, liderada pelo genro de Trump, Jared Kushner, tem solicitado que Netanyahu participe das festividades de 20 de janeiro e que os dois líderes mundiais se reúnam antes disso, disse uma fonte ao Post.

“Existe um plano para que Trump se encontre com Netanyahu”, disse a fonte. “Eles estão falando o tempo todo sobre isso e Netanyahu visualiza a possibilidade de ir ao Dia da Inauguração [posse]”.

No início de dezembro, Netanyahu falou calorosamente de Trump em uma entrevista à CBS.

“Sua atitude, seu apoio a Israel é claro. Ele se porte de forma muito amigável com relação ao Estado judeu e ao povo judeu. Não há dúvida sobre isso”, disse ele.

Na semana passada, Trump defendeu Israel diante da recente resolução do Conselho de Segurança da ONU, que condenou os assentamentos judeus e também do discurso do Secretário de Estado John Kerry sobre a paz no Oriente Médio.

Posteriormente, durante uma conferência, o presidente eleito disse que “o Estado de Israel tem sido tratado com muita injustiça por muitas pessoas diferentes”.

Ele criticou a ONU, acusando o grupo de não ter repreendido “lugares horríveis que tratam as pessoas de maneira horrível” da mesma forma que tem feito com Israel.

Trump também se dirigiu a Israel antes do discurso de Kerry, escrevendo no Twitter: “[Israel] costumava ter um grande amigo nos EUA, mas … não tem sido mais assim. O começo do fim foi o horrível acordo com o Irã, e agora isto!”.

Ele também criticou a Casa Branca pelo tratamento dado a Israel ao longo dos últimos oito anos.

“Não podemos continuar deixando Israel ser tratado com total desdém e desrespeito”, disse Trump, observando tanto a resolução 2334, quanto o papel da administração Obama em negociar um acordo nuclear internacional com o Irã.

“Se mantenha forte, Israel. Dia 20 de janeiro está se aproximando!”, concluiu o presidente eleito.

Fonte: Guiame

Quero anunciar!

Sobre Seara News

Seara News
SEARA NEWS é um portal de caráter evangélico interdenominacional, com conteúdo informativo, orientador e formador de consciência cristã, que abarca os matizes do contexto cristão ao redor do mundo, e serve como um aporte eficaz na comunicação.

Além disso, verifique

Israel acelera plano de construção de mil casas em Jerusalém Oriental

Israel acelera plano de construção de mil casas em Jerusalém Oriental

Anúncio de plano ocorre apesar de os EUA alertarem que construção pode ‘envenenar atmosfera’ entre ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 2 =

Licena Creative Commons

Seara News foi licenciado com uma Licença Creative Commons