Marco Feliciano: culpado ou inocente?

2
18

Marco Feliciano: culpado ou inocente?
Pastor Marco Feliciano, parlamentar evangélico

 

Por Silvio Costa

Amigos e irmãos, a meu ver ainda é cedo para determinar sentenças se o deputado Marco Feliciano é culpado ou inocente. A jornalista autora das acusações pareceu-me de antemão, mal-intencionada; mas também não posso julgá-la; e por essa razão não posso fazer juízo de “a ou b”. Sendo assim, particularmente torço para que de fato sejam mentiras e perseguições endereçadas ao citado parlamentar, pois será bom para um montão de gente do meio evangélico.

Mas, se não forem falsas as acusações – misericórdia dos pastores e dos políticos evangélicos (que já não são bem vistos por parte da sociedade – parcela essa que além de generalizar, nivela sempre por baixo). Se confirmado vai ser um escândalo “tsunâmico”, daqueles de destruir e devastar o que estiver na vida do culpado como vida familiar, religiosa, política e eclesiástica. A jovem denunciante é claro tem menos a perder que o deputado em questão.

É notório que nos meandros políticos – principalmente nos partidos de esquerda – persiste uma raiva antiga contra o Feliciano desde a sua eleição a presidir a CDHM. Há também uma tendência midiática de explorar e escrachar personalidades (em que notadamente não se dá espaço as partes de modo igual e menos ainda quando a verdade vem à tona – como se dá a suspeitas arbitrariamente condenatórias – caso clássico é o do Pr. Marcos Pereira da ADUD).

“Persiste uma raiva antiga contra o Feliciano desde a sua eleição a presidir a CDHM”

Então, a mistura do ódio político com a tendenciosa mídia sensacionalista é a fórmula explosiva para tentarem destruir o Marco Feliciano em ano eleitoral. E queridos, até que se prove o contrário, ele será exibido nos canais de informação deste país como um parlamentar evangélico que atacou uma donzela indefesa, sendo machista, hipócrita e sem vergonha!

2 COMENTÁRIOS

  1. Bem na verdade a vida Pastoral já está um pouco… Qdo se deixa seduzir pela fama, poder e dinheiro ( ou seja os aplausos do homem), Sinceramente eu não tenho pelos demais cristãos por que na perseguição que a igreja mais cresce, tomemos como lição como fez Davi e que haja se for verdade um arrependimento o que muitas vezes faltam em muitos ditos evangélicos.

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome

6 − 5 =