Jovens na Índia aprendem a imitar Jesus

0
7

Flores de boas-vindas, sorrisos e muitos gritos de “Aleluia! Louvado seja o Senhor!” Foi assim que o pequeno grupo de colaboradores da Portas Abertas foi recebido no Retiro e Centro de Estudos William Carey, no leste do estado de Orissa, na Índia.

Jovens na Índia aprendem a imitar Jesus

Duzentos jovens cristãos de toda a região sentados de pernas cruzadas no chão, os meninos de um lado, as meninas, em saris coloridos, do outro; todos ansiosos para o Seminário da Juventude que aconteceria naqueles próximos quatro dias e que tem como base o treinamento Permanecendo Firme Através da Tempestade, da Portas Abertas. O tema principal do encontro foi a “imitação de Cristo”.

Ao longo dos últimos seis anos, a perseguição aos cristãos tem se agravado em Orissa. Alguns dos jovens ali reunidos ainda estão traumatizados pelos ataques de 2008, que provocou a destruição de suas casas, na região do Kandhamal, por extremistas hindus. Outros são cristãos de origem hindu. Em lágrimas, os adolescentes compartilharam sobre as severas agressões físicas que sofrem dos seus pais hindus, irritados por sua conversão ao cristianismo.

Com o aumento da perseguição, a equipe da Portas Abertas na Índia tem estendido o programa de treinamento Permanecendo Firme Através da Tempestade a outros grupo de novos convertidos – até mesmo crianças. Estes jovens pagam uma pequena parcela do custo do seminário a fim de dar-lhes um sentimento de posse.

A parte mais impactante do seminário de quatro dias foi o tempo particular com alguns jovens, que lhes permitiu compartilhar sua história. Karissma, de 16 anos, uma jovem cristã de origem hindu, chorou enquanto contava como seu pai hindu a tratava agora.

As agressões são regulares. No entanto, ela permanece firme em sua fé. Deus respondeu sua oração quando sua mãe decidiu se tornar cristã também, depois de ter um sonho com um homem de branco: Jesus. Agora ambas são regularmente perseguidas pelo pai. A cunhada de Karissma comprou-lhe uma Bíblia e deu a ela o dinheiro para que pudesse participar do seminário.

Por meio do estudo bíblico realizado pela Portas Abertas, os jovens aprenderam a imitar a Cristo e em como reagir à perseguição conforme a Bíblia ensina. Todos foram fortalecidos e encorajados e as crianças tiveram um espaço para se curar de seus traumas.

Fonte: Portas Abertas

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome

20 − quatro =